Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 14/01/2019 11h00

    Turistas chegam a Santa Catarina em número menor e gastando menos

    Principal razão é a crise na Argentina

    Foto: Diorgenes Pandini /Diario Catarinense

    As primeiras duas semanas de janeiro confirmaram a expectativa de queda na presença dos turistas argentinos no litoral catarinense. A vinda de paulistas, gaúchos e catarinenses do interior aumentou, mas não a ponto de compensar a ausência dos estrangeiros. A avaliação é do presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em Santa Catarina, Rafael Dabdab.

    O número de argentinos que passaram pela fronteira em Dionísio Cerqueira nos primeiros dez dias do ano caiu em cerca de 70% em relação ao ano passado. A quantidade de voos do país vizinho também diminui. A razão é a crise econômica.

    Dabdab revela que aumentou o número turistas brasileiros, principalmente, de São Paulo, Rio Grande do Sul e do interior catarinense.

    — Não chegou, em termos quantitativos, a compensar toda a ausência dos argentinos — ressalva.

    O gasto médio nos estabelecimentos está igual ou menor do que na temporada passada, quando já houve queda. A geração de empregos temporários revela um dado preocupante: 24% dos empresários entrevistados pela Abrasel não efetuaram nenhuma contratação para a temporada

    Ouça a entrevista de Rafael Dabdab a Mário Motta: