Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 25/09/2018 11h54

    Transporte coletivo catarinense testa ônibus movido a Gás Natural Veicular (GNV)

    Empresa Rodoviária Santa Terezinha (RST) foi a responsável pelos testes

    Entre os dias 6 e 15 de setembro, um ônibus movido a Gás Natural Veicular (GNV) fez a rota de São Pedro de Alcântara a Florianópolis. A empresa de transporte coletivo Rodoviária Santa Terezinha (RST), sediada em São José, iniciou os testes com um ônibus Scania K-280, que é abastecido com gás natural ou biometano.

    O GNV é um gás composto por elementos como o etano e o metano. É uma fonte não renovável de energia, um combustível fóssil encontrado em minerais terrestres, marinhos ou rochas porosas, mas que há alguns anos vem sendo usado como alternativa ao álcool e à gasolina em veículos de passeio.


    Fonte: Cavese/Scania

    As vantagens do GNV como combustível

    O GNV é um excelente substituto do álcool e da gasolina devido ao seu potencial de economia. Um metro cúbico do insumo equivale a 1,22 litros de gasolina. A economia pode chegar até a 66%, mesmo levando em conta os custos de adaptação de um veículo.

    Além da economia, o combustível é menos danoso ao meio ambiente do que os seus concorrentes. Ele é considerado mais limpo por liberar menos dióxido de carbono na atmosfera e não lançar compostos que resultam em fenômenos como a chuva ácida. Dessa forma, ele ajuda a não agravar problemas como o efeito estufa.

    O resultado dos testes

    Durante os testes, foi constatado que mesmo com o ar condicionado ligado, não houve perda de potência do motor. A viagem entre as duas cidades ocorreu normalmente, sem nenhum contratempo. Financeiramente, porém, o ônibus movido a GNV se mostrou mais custoso.

    Há, contudo, políticas da SC Gás para reduzir os custos do m3 do combustível para empresas de transporte público. 
    Outra preocupação é com o tempo para abastecimento. São necessários 25 minutos para abastecer um ônibus a gás. Já os movidos a diesel estão prontos para circular em apenas cinco minutos.

    Tour técnico

    Na sexta-feira (21/09/18), novos testes foram feitos com o ônibus Scania. O roteiro teve início em Biguaçu, passou pela Via Expressa, Beira-Mar Norte e centro de Florianópolis. As análises foram feitas em um veículo com chassi de 15 metros, bidirecional, com troca de marchas automática e movido inteiramente a gás.

     O motivo dos testes é entender a viabilidade do modelo para o transporte público do Estado. A adesão do veículo às rotas urbanas traria melhora na mobilidade urbana da região, promoveria a sustentabilidade e aprimoraria a qualidade das frotas. 

    Foi perceptível com o teste o baixo nível de ruído emitido pela máquina graças à combustão do Gás Natural,  o que contribui muito para o conforto do passageiro. Constatou-se também o bom desempenho e baixa emissão de gases poluentes.

    A rentabilidade também é um ponto importante desse chassi, uma vez que o Gás Natural é mais barato, o que o torna um grande atrativo para os consórcios de transporte público.

    Participaram dos testes representantes da SC Gás - Aloísio (Engenheiro de Construção e Montagem) e Ronaldo (Coordenador Comercial do Mercado Automotivo) - e da Cavese Scania - Alcione (Consultor de Vendas), Tupiara (Master Driver) e Amadeu Gualter (Marketing).


    Fonte: Cavese/Scania

    Sustentabilidade como marca da Scania

    O futuro exige um transporte eficaz, organizado e menos poluente. A Scania pensa em todo o ciclo de vida do veículo e seu compromisso é o de minimizar o impacto ambiental por meio de avanços tecnológicos.

    A empresa é líder mundial em desenvolvimento de produtos eficientes, de operação econômica e de fornecimento de serviços e reparos otimizados, bem como a responsabilidade pelo tratamento ao fim da vida útil. As soluções Scania para mobilidade urbana contemplam veículos com desempenho similar aos modernos sistemas sobre trilhos, mas com muito mais economia. O foco é na qualidade de vida. 

    Os ônibus possuem chassis articulados com alta capacidade de passageiros, baixa emissão de poluentes e menos ruídos, o que proporciona a implantação de um sistema de transportes fluido e seguro. Um transporte urbano mais confiável, eficaz, menos poluente e de fácil acesso pode nos conduzir a uma cidade mais sustentável.

    Para conhecer mais sobre as tecnologias Scania acesse: https://blog.cavesescania.com.br
     

    CBN Diário