Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 17/01/2019 19h12

    "Temos que fazer o Brasil andar", diz Valdir Colatto, novo diretor do Serviço Florestal.

    Catarinense defende autodeclaração pela internet para liberar licenças ambientais.

    Foto: Divulgação /Divulgação

    O novo diretor do Serviço Florestal Brasileiro, o deputado federal catarinense não reeleito Valdir Colatto(MDB), quer agilizar o licenciamento ambiental no país. Ele defende o projeto de lei que tramita no congresso nacional que prevê a autodeclaração pela internet feita pelo produtor rural.

    — Temos que fazer o Brasil andar. A agricultura é a única área que preserva o meio ambiente.

    O parlamentar cita o levantamento territorial feito pela Embrapa. No documento, segundo Colatto, consta que há 20% de áreas preservadas nas propriedades.

    — Isso é mais do que nas unidades de conservação, que é 13% de área preservada — explica.

    O catarinense acredita que é preciso mais agilidade no licenciamento ambiental. No modelo de autodeclaração pela internet, o produtor rural, sabedor das regras, pode ampliar uma planta de produção, aumentar área plantada, imediatamente. Ele informaria tudo pela internet. Depois, caso  for flagrado pela fiscalização em alguma irregularidade, sofreria as punições previstas na lei.

    CBN Diário