Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 03/01/2019 18h13

    Solução para o Rio Capivari é estação de tratamento de esgoto, afirma prefeitura

    Foto: Soreny Cerino /Arquivo pessoal

    A solução para a poluição do Rio Capivari, que deságua na Praia dos Ingleses, é semelhante à que foi adotada no Rio do Braz, em Canasvieiras: a construção de uma estação de tratamento para evitar que a água suja chegue ao mar.

    Ontem, o relatório de balneabilidade do Instituto do Meio Ambiente (IMA) apontou o local como impróprio para banho. Nas quatro coletas anteriores, em dezembro, era apontado como próprio. As atualizações são semanais.

    Hora de SC: Cheiro ruim e cor denunciam possível poluição no Rio Capivari

    Em entrevista ao Direto da Redação da tarde desta quinta-feira, o secretário de Infraestrutura de Florianópolis, Valter Gallina, disse que não há tratamento de esgoto nesse ponto e garantiu que o prefeitura e a Casan vão construir uma estação de tratamento.

    Gallina era diretor da Casan em janeiro de 2016, quando o extravasamento do Rio do Braz comprometeu a praia de Canasvieiras. Naquele ano, a solução foi a construção de uma estação para tratar até mesmo a água da chuva, impedindo que lançamentos clandestinos poluam a praia. É o que está sendo feito, também, pela Unidade de Recuperação Ambiental implantada na Beira-Mar.

     O secretário criticou moradores e comerciantes que lançam dejetos na rede pluvial ou nos rios:

    — Não é possível que um edifício com 80 apartamentos ou um centro comercial despejem esgoto. Estão prejudicando o próprio ganha pão deles, que é o turismo.

    O diretor da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (Acif), Alfredo Mauricio Neto, afirmou que ainda não há disponibilidade de canalização da Casan para a rede de esgoto em alguns locais e que muitos comércios usam as fossas, mas que não estão ligadas de forma correta.

    — Tem também os que são mal-intencionados, realmente, que jogam o esgoto no rio como se o problema não fosse deles.

    Ouça a entrevista de Alfredo Maurício Neto:


    Ouça a entrevista do secretário Valter Gallina:

    CBN Diário