Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 19/05/2017 8h48

    Semana termina com tempo instável e chuva em Santa Catarina

    Dia será de céu bastante encoberto  e possibilidade de temporais no Estado

    A instabilidade que chegou em Santa Catarina na tarde de ontem deve permanecer no Estado nos próximos dias. E nesta sexta-feira, a umidade provocada pelo ar frio que vem do litoral faz com que o dia tenha céu bastante encoberto, chance de chuva a qualquer hora e possibilidade de temporais isolados. Em relação aos últimos dias, as temperaturas diminuem um pouco.

    À tarde, segundo a técnica em meteorologia da RBS TV, Bianca Souza, as máximas chegam aos 19ºC na Grande Florianópolis e 20ºC no Vale do Itajaí. Dos Planaltos ao Oeste, os termômetros ficam mais amenos e se aproximam dos 18ºC.

    — Ao longo da tarde ocorrem períodos de melhoria até com algumas aberturas de sol mais nas cidades do Oeste catarinense — lembrou Bianca. 

    Nas últimas 24 horas, muitos municípios registraram volumes de chuva acima do esperado para o mês de maio. Segundo dados do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemeden), em Guaramirim, no Norte de SC, entre a noite de ontem e madrugada de hoje, 138 milímetros de chuva caíram na cidade. 

    Confira a lista dos municípios que mais registraram chuva:

    138 mm Guaramirim
    126 mm Romelândia
    120 mm    Pomerode
    113 mm  Maravilha
    112 mm Mondaí
    110 mm  Itapiranga
    104 mm  São Carlos
    101 mm  Alpestre

    Tempo no sábado

    Amanhã, sábado, a instabilidade deve diminuir, mas a umidade segue avançando do mar. Além disso, uma frente fria - sistema de chuva - na altura do Rio Grande do Sul traz a previsão de muitas nuvens, algumas aberturas e chuva isolada em momentos do dia. As temperaturas ficam entre 21ºC e 23ºC em boa parte das cidades.

    Recomendações da Defesa Civil SC:

    Alagamentos - evitar o contato com as águas e não dirigir em lugares alagados. Evitar transitar em pontilhões e pontes submersas e cuidado com crianças próximas de rios e ribeirões.

    Enxurradas -  não fique próximo às margens de rios e ribeirões, principalmente em regiões de relevo acentuado, montanhoso e pequenos vales, pois muitas vezes há temporais intensos sobre os topos e cabeceiras, gerando repentinamente grande quantidade de água num curto espaço de tempo. 

    Tempestades com descargas elétricas (raios), ventos fortes e granizo - proteja-se em local abrigado, longe de placas, de árvores, de postes de energia e de objetos que podem ser arremessados. Se não encontrar um abrigo, agache-se com os pés juntos, com a cabeça encostada em seu peito ou entre os joelhos e as mãos cobrindo suas orelhas ou apoiadas em seus joelhos.

    Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou para o Corpo de Bombeiros no número 193.

    Diário Catarinense
     
    Comentários