Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 22/11/2017 6h51

    Seis mortes violentas são registradas em Florianópolis entre terça e quarta-feira

    Três homens são mortos a tiros no Morro Nova Trento, em Florianópolis, na noite desta terça-feira (21)

    Foto: Felipe Carneiro /DIario Catarinense

    Em intervalo de aproximadamente 24 horas, seis mortes violentas foram registradas em Florianópolis. Durante a madrugada desta quarta-feira (22), duas pessoas foram mortas na Vila União, comunidade no Norte da Ilha. Os detalhes ainda não foram repassados pela polícia.

    Na noite desta terça-feira (21), três homens morreram após serem atingidos por disparos de arma de fogo no Morro Nova Trento, comunidade do maciço do Morro da Cruz. Os corpos foram localizados pela Polícia Militar, após uma denúncia feita através do telefone 190. Dois estavam dentro de uma casa abandonada, e outro no pátio da mesma residência. 

    Duas vítimas foram identificadas, segundo a PM: Fernando de Souza, 37 anos, com registro de passagem pela polícia por posse ilegal de arma de fogo, e José Luciano de Souza, 31 anos, que não tinha passagens registradas pela polícia.

    No início da madrugada desta terça, um morador do bairro Estreito, parte continental de Florianópolis, reagiu a um assalto na casa dele e matou um dos dois ladrões armados que invadiram a propriedade dele. O outro assaltante fugiu, e a polícia ainda não o localizou. O caso está sendo tratado como legítima defesa. O morador possui registro de arma de fogo, mas os órgãos de segurança pública alertam que não é recomendado um cidadão reagir diante de um crime como esse.

    Dia violento 

    Além dos casos registrados com mortes, houve também uma intensa troca de tiros entre criminosos e policiais, após um ataque a agentes que faziam ronda na Costeira do Pirajubaé. Os bandidos conseguiram fugir através de um matagal. Ninguém ficou ferido.

    *Com apoio do Diário Catarinense e do G1 SC

    CBN Diário