Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 24/01/2018 22h44

    Romarinho faz, Figueirense bate o Brusque e segue 100% no Estadual

    Com o Romário na torcida, atacante é titular pela primeira vez e garante triunfo por 1 a 0

    Romarinho comemora com Diego Renan seu primeiro gol pelo Figueirense

    Foto: Leo Munhoz /Diário Catarinense

    O atacante Romarinho foi o nome da terceira vitória seguida do Figueirense no Campeonato Catarinense 2018. O filho do tetracampeão Romário, que estava mais uma vez presente em um dos camarotes do Orlando Scarpelli, em Florianópolis, foi titular pela primeira vez no Furacão e marcou seu primeiro gol com a camisa alvinegra, no triunfo, por 1 a 0, diante do  Brusque, pela terceira rodada do Estadual. 

    – A torcida apoiou o jogo todo. A equipe foi super bem. O Milton Cruz é um cara de palavra. Disse que todos teriam oportunidade e cumpriu isso já na terceira rodada. Todos estão de parabéns, pois fizeram um grande jogo. O time está se acertando e vai crescer ao longo do campeonato – disse o atacante Romarinho na saída do gramado.

    O Figueirense mantém os 100% de aproveitamento, vai aos nove pontos no Estadual e chega com moral para o clássico da Capital contra o rival Avaí, domingo, às 17h, na Ressacada., na quarta rodada. O Brusque chega à segunda rodada após três jogos. O time do Vale, que não venceu até o momento, tem um ponto. No domingo, às 17h, o adversário será o Concórdia, no Augusto Bauer.  

    Misto quente pressionando
    Mesmo com as 10 mudanças em relação ao jogo passado, o Figueirense criou as melhores oportunidades no primeiro tempo. Diego Renan perdeu a primeira delas, aos 11 minutos. O lateral recebeu livre dentro da área, mas chutou pela linha de fundo. Seis minutos depois, o meia Ferrareis foi lançado, ficou de frente para Dida e chutou para defesa do goleiro.

    O Furacão ainda perdeu duas excelentes chances para ir ao intervalo com a vantagem. Aos 31, Pereira tocou para o gol após confusão na área, mas Antônio Carlos salvou o Brusque ao tirar a bola em cima da linha. Aos 37, Diego Renan soltou a pancada em cobrança de falta e acertou o travessão. No rebote, na pequena área, Pereira chutou ao lado da meta adversário.

     

     

    Filho de peixe...
    Romarinho tratou de fazer a alegria da torcida do Figueirense e principalmente do pai, Romário, que estava em um dos camarotes do estádio. Aos dois minutos do segundo tempo, Patrick chutou cruzado, e o atacante de carrinho empurrou para a rede e fez o único gol do jogo, o primeiro dele pelo Furacão. Ouça o gol de Romarinho na narração de Paulo Branchi:

    A vantagem do Figueirense quase foi maior. Aos seis, Pereira desviou de cabeça, e a bola sobrou com Romarinho, que debaixo da trave e com o gol aberto mandou por cima. Aos 18, Diego Renan lançou para Renan Mota, que deixou o marcador no chão e bateu forte pela linha de fundo. Aos 27, Diego Renan chutou para defesa de Dida.

    O Brusque chegou apenas em chutes de longe. No primeiro deles, França arriscou e contou com o toque no gramado para quase surpreender Denis, que conseguiu espalmar. Em outro, Dakson soltou a pancada e o goleiro do Figueirense mais uma vez mostrou bom posicionamento para mandar pela linha de fundo.

    FICHA TÉCNICA

    FIGUEIRENSE -1
    Denis; Raul, Cleberson, Eduardo e Diego Renan; Abuda (Zé Antônio), Pereira, Patrick, Ferrareis (Betinho) e Renan Mota; Romarinho (André Luís). Técnico: Milton Cruz.

    BRUSQUE - 0
    Dida; Carlos Alberto, Antônio Carlos, Douglas Silva e Ronaell; Ruan, Adãozinho (Wilson Júnior) e França; Jean Dias (Dakson), Rafinha e Careca (Jeferson Renan). Técnico: Picoli.

    GOL: Romarinho, aos 2 minutos do segundo tempo (F).
    CARTÕES AMARELOS: Romarinho, Patrick e Betinho (F). Douglas Silva (B).
    RENDA: R$ 51.656,00.
    PÚBLICO: 3.011 torcedores.
    ARBITRAGEM: Richard Werner Floter, auxiliado por Eli Alves Sviderski e Gianlucca Perrone de Vasconcellos
    LOCAL: Orlando Scarpelli, em Florianópolis

    Diário Catarinense