Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 19/04/2017 0h12

    "Nós fazemos segurança para pessoas de bem", diz secretário após nova chacina em Florianópolis

    Conforme a Secretaria de Segurança Pública de SC, foco de atuação continua sendo intensificação do policiamento e realização de blitze e bloqueios em áreas vulne

    César Grubba deu declaração via assessoria de imprensa

    Foto: Betina Humeres /Agencia RBS

    Depois de uma nova chacina deixar pelo menos cinco mortos em Florianópolis, na madrugada desta terça-feira, o secretário de Segurança de Santa Catarina, César Grubba, disse apenas que "nós (da secretaria) fazemos segurança para pessoas de bem". A declaração foi dada por telefone pela assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado, procurada pelo Diário Catarinense para comentar o caso — o segundo em menos de duas semanas na Capital.

    Também conforme a assessoria, a cúpula da segurança estadual está reunida, mas o foco de atuação das forças policiais não deve ter grandes mudanças, mantendo intensificação do policiamento e realização de blitze e bloqueios em áreas vulneráveis, entre outras ações.

    A SSP ressaltou que o tempo-resposta da ocorrência foi dentro dos padrões oficiais, com atendimento a uma reclamação de perturbação. Chegando ao local, a PM encontrou três mortos e um ferido grave que depois morreu no hospital e houve confronto com bandidos que resultou em mais uma morte.

    Conforme a SSP, os assassinos são membros do PGC e as vítimas, do PCC. Dois homens e duas adolescentes foram detidos, mas até o fim da manhã não repassaram informações relevantes para a investigação.

    Diário Catarinense
     
    Comentários