Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 13/09/2017 12h37

    Promessa na África do Sul, Ty Sandows busca provar talento no Figueira

    Ex-São Paulo e Grêmio, atleta de 22 anos tem poucos jogos no currículo

    Foto: Luiz Henrique /FFC

    O Figueirense apresentou nesta quarta-feira o sul-africano Tyroane Sandows, que já está regularizado e apto para atuar pelo clube na Série B. Vivendo no Brasil desde os 11 anos, o atleta, de 22, passou por São Paulo e Grêmio e busca uma chance para provar seu potencial. O jogador de velocidade pelos lados do campo é considerado uma promessa na África do Sul.

    - Passei em dois grandes clubes, foi muito legal, mas não consegui ter uma grande sequência de jogos. Espero ter esta sequência aqui no Figueirense e mostrar o potencial que todos sabem que tenho e que eu acredito ter. Com humildade e respeito espero mostrar isto que tenho e assim ajudar o Figueirense a sair desta situação incômoda - afirma Ty Sandows, que já vive há uma década em solo brasileiro.

    - Cheguei em 2007 aqui no Brasil com um projeto social chamado Shona Kona, que estava trazendo 12 meninos para treinar uma semana no São Paulo. Não era um teste, mas uma experiência de intercâmbio. Fiquei uma semana e eles gostaram do meu futebol, acharam que eu tinha futebol para ficar no Brasil e jogar futebol. Desde então estou aqui, passei o mesmo tempo de vida no Brasil e na África do Sul - completa.

    Com características de velocidade e habilidade, Ty Sandows tem como ídolos o brasileiro Ronaldinho Gaúcho e o argentino Lionel Messi, craques consagrados com a camisa do Barcelona. Sua posição em campo se aproxima mais com a do atual 10 catalão, atuando pelo lado direito.

    - Durante meu tempo aqui no Brasil não cheguei a ter posição fixa, sempre tive versatilidade, jogando no meio ou aberto e isso foi uma vantagem para mim. Hoje onde eu gosto de jogar é aberto pela direita. Pode ser que em um ano eu mude, mas neste momento prefiro jogar aberto pela direita - comenta o sul-africano.

    Com poucas oportunidades de atuar pelo profissional do Grêmio e alguns problemas de documentação que impediram seu maior aproveitamento na base do São Paulo, Ty Sandows é um jogador de 22 anos com poucas partidas no currículo. Seu principal momento foi na Copa Africana de Nações Sub-20, em 2015, quando foi escolhido um dos melhores da competição defendendo a África do Sul. Agora no Figueira ele quer entrar em campo logo.

    - Jogador sempre quer jogar, não sou diferente. Estou à disposição. Claro que tem todo um processo de conversas com a comissão técnica e preparação física para saber se tenho esta condição, mas se eu tiver a oportunidade quero entrar em campo e ajudar o Figueirense a sair desta situação o mais rápido possível. Me sinto bem fisicamente - garante Ty Sandows.

    O Figueirense enfrenta o Internacional às 16h30 de sábado pela 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Na manhã desta quarta-feira, o técnico Milton Cruz trabalho a equipe com Saulo; Dudu, Marquinhos, Leandro Almeida e João Lucas; Pereira, Abuda, Marco Antônio e Xuxa; Zé Love e Henan.

    Ouça mais informações do Figueirense:

    CBN Diário