Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 29/06/2018 17h15

    Projeto da prefeitura torna o Uber mais caro, afirma vereador

    Foto: Leo Munhoz /Diário Catarinense

    O vereador Bruno Souza(PSB) fez hoje duras críticas à nova versão do projeto de lei que regulamenta o uso de aplicativos de transporte individual em Florianópolis. Segundo ele, caso for aprovado, o texto dificulta a vida dos motoristas e deixará o serviço mais caro.

    - Se o PL for aprovado 90% dos veículos serão excluídos. São carros menores, com porta-mala pequeno.

    Ele critica as inúmeras exigências do PL. Entre outros pontos, o PL estabelece que poderão trabalhar somente motoristas com veículos emplacadas na capital, com porta-malas com espaço livre superior a 370 litros e cria um tributo a ser definido pela prefeitura.

    - Não existe “matemágica”. Vai ficar mais caro para o usuário, aponta o vereador.

    O projeto tramita em regime de urgência na câmara de vereadores de Florianópolis.

    Sobre as críticas do vereador, a prefeitura encaminhou à CBN Diário a seguinte nota:

    "A Prefeitura iniciou a regulamentação do transporte por aplicativo em janeiro de 2017, quando os próprios motoristas de aplicativo na época queriam, pois a legislação os proibia de trabalhar. De lá para cá, houve a lei federal e a prefeitura precisou atualizar o projeto. Agora, está na câmara de vereadores e poderá ser debatida e até mesmo aperfeiçoada pelos vereadores. O próprio vereador Bruno Souza pode aperfeiçoar a matéria de acordo com o que ele acha justo. A intenção da prefeitura não é prejudicar uma categoria, mas sim estimular ainda mais a concorrência sadia que melhore os serviços e o preço para o cidadão."

    Ouça a entrevista com o vereador Bruno Souza

    CBN Diário