Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 17/04/2019 19h19

    Problemas médicos preocupam Geninho na semana da final

    Lateral-direita pode ser a dor de cabeça para o comandante do Leão

    Daniel Amorim sente dores no joelho e será reavaliado

    Foto: André Palma Ribeiro /Avaí Futebol Clube

    Apesar da semana sem jogo e com a possibilidade de descansar alguns atletas e trabalhar com mais tranquilidade para a final do catarinense contra a Chapecoense, o técnico Geninho tem uma preocupação neste momento. Departamento médico. Iury, Lourenço e Daniel Amorim passam por um período de recuperação no DM. Já Alex Silva, está iniciando a transição, mas dificilmente deve ficar apto para a final. Por outro lado, André Moritz, Gegê e Jones Carioca já treinam com bola, mas não estão prontos para atuar 90 minutos. Sendo assim, Geninho só deve saber com quem deverá contar para a decisão na atividade sexta-feira.

    A lateral-direita pode se tornar uma verdadeira dor de cabeça para o comandante avaiano. O titular, Alex Silva, está no trabalho de transição depois de se recuperar de lesão no posterior da coxa direita. Seu último jogo foi contra o Figueirense no empate em 0 x 0 no returno, na Ressacada, no dia 17 de março. De lá para cá são sete partidas que ele desfalcou o Leão. O seus substituto, Iury, que já ficou de fora contra o Criciúma por dores musculares, ainda não treinou com bola por este motivo e também por problemas pessoais. Ainda não é certo seu aproveitamento no confronto. O atacante Loureço, que tem atuado improvisado na função, sente dores musculares na coxa e também está no departamento médico. Se estes atletas ficarem de fora, Geninho terá que achar um jogador para a posição que atue de forma improvisada.

    O atacante Daniel Amorim, artilheiro do time e da competição, também é preocupação no momento. No jogo contra o Vasco, um atleta do time do Rio de Janeiro acabou caindo em cima do joelho do atacante do Leão e isso tem ocasionado dores no atleta, que contra o Criciúma já atuou no sacrifício. Ele está sendo reavaliado pelos médicos do clube para saber se terá condição de jogo.

    CBN Diário