Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 19/03/2018 19h12

    Problema técnico em aeronave impede retorno do Avaí para Florianópolis

    Avião nem saiu de São Paulo em direção de Chapecó

    Após o jogo contra o Concórdia, delegação foi direto para Chapecó

    Foto: Ricardo Artifon /Concórdia

    Depois de empatar com o Concórdia no domingo por 1 a 1, fora de casa,  e ver a chance de chegar na final do Estadual praticamente acabar, o Avaí encontrou outro problema nesta segunda-feira. A delegação deixaria a cidade de Chapecó em um voo às 17h, mas um problema técnico impediu o avião sair de São Paulo para o Oeste do estado e desta maneira a viagem para Florianópolis foi cancelada. Por conta disso, o grupo ficou em Chapecó e vai treinar na manhã de terça-feira e somente no final da tarde embarca de volta para casa. Por causa deste problema, o técnico Claudinei Oliveira não vai conseguir fazer um treino com o todo o grupo visando o jogo contra o Criciúma na quarta-feira, 21h45min, no Estádio da Ressacada.

    Para facilitar a viagem, a delegação avaiana optou por repetir a logística feita na partida contra a Chapecoense e que funcionou. Logo após o confronto contra o Concórdia, time já foi direto para Chapecó, fazendo um caminho de aproximadamente 90 km. Na manhã de segunda-feira, os atletas fizeram um trabalho leve no hotel e à tarde foi para o aeroporto para voltar para Florianópolis. Chegando lá, a diretoria foi informada que o avião que faria a voo teve um problema técnico em São Paulo e nem fez a viagem para Chapecó. Como não teria outro aeronave disponível, o voo foi cancelado e assim o grupo só retorna para capital catarinense no final da tarde desta terça-feira.

    Por conta disso, o trabalho para o jogo contra o Criciúma fica prejudicado, já que os atletas titulares que ficaram em Florianópolis, não vão conseguir trabalhar com aqueles jogadores que participaram do confronto do último domingo. Por causa do problema, Claudinei Oliveira vai montar o time basicamente na conversa. Luan, que cumpriu suspensão pelo terceiro amarelo, Judson e André Moritz, que foram vetados pelo departamento médico, e Marquinhos, que foi poupado, não viajaram com a delegação e devem ficar a disposição para o confronto contra o Tigre. Da partida contra o Concórdia, Maurinho será reavaliado, já que saiu da partida sentindo a coxa esquerda. 

    CBN Diário