Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 18/09/2017 18h43

    Prefeitura decreta situação de emergência em praias de Florianópolis atingidas pela ressaca

    Município busca recursos federais para recuperar locais atingidos

    Foto: Diorgenes Pandini /Diário Catarinense

    A prefeitura de Florianópolis decretou situação de emergência em função dos estragos provocados pela ressaca em Ingleses, Canasvieiras, Brava, Matadeiro e Caldeirão do Morro das Pedras. O decreto publicado no Diário Oficial pede recursos ao governo federal e autoriza ações do poder público em Áreas de Preservação Permanente pertencentes à União, como adentrar nas faixas de areias para fazer intervenções emergenciais e recuperar os bens públicos que foram atingidos. 

    De acordo com o balanço da Defesa Civil, ocorreram danos em muros, rampas e escadas de acesso público, postos salva-vidas e na iluminação pública das praias. “Nosso objetivo é acelerar todo o processo tanto no levantamento dos danos quanto nas intervenções para preparar os locais, que estão entre os mais frequentados, e receber as pessoas na temporada”, afirma o prefeito Gean Loureiro.
     
    Segundo o diretor da Defesa Civil de Florianópolis, Luiz Eduardo Machado, com um regime jurídico diferenciado, previsto na legislação, há possibilidade de ser realizada a remoção do material, bem como a recuperação da iluminação pública dos locais. “Estamos monitorando todo o fenômeno, mas dependemos das boas condições do tempo e da maré permanecer baixa para realizar a limpeza das praias”, explica o diretor.

    Ouça a reportagem:

    CBN Diário