Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 03/07/2017 15h25

    "Por quê não juntar os dois serviços em um só?", diz comandante dos Bombeiros sobre gerência estadual do Samu

    Foto: Daniel Conzi /Agencia RBS

    O comandante-geral do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina, coronel Onir Mocelin, poderá dar mais detalhes ainda nesta segunda-feira (03) sobre o órgão assumir gerência estadual do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A intenção é fiscalizar o contrato do Samu junto à Associação Paulistana para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM). A entidade, responsável pela administração atual do serviço, teve o convênio prorrogado até o fim do ano, mas deve ser acompanhada de perto pela gerência a partir de agora.

    - Setenta por cento de nossas ocorrências já é de atendimento pró-hospitalar. Então, por quê não juntar os dois serviços em um só? - indaga Mocelin, durante entrevista no Notícia na Manhã, da CBN Diário. 

    A expectativa é que outras informações sejam repassadas durante a solenidade marcada para hoje à tarde, no Centro de Ensino Bombeiro Militar, no bairro Trindade - a "Homenagem aos Tombados em Serviço". Segundo o coronel Mocelin, será uma forma de reconhecimento institucional a aqueles que deram a vida para cumprir sua missão.

    Sobre as últimas ocorrências de incêndio dos últimos dias, o comandante-geral do Corpo de Bombeiros diz que a preocupação é que a geada seca a plantação, e qualquer faísca pode ocasionar as chamas.

    Ouça a reportagem de Leandro Lessa:

    CBN Diário