Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 26/11/2017 14h28

    Polícia prende cinco suspeitos de assassinar jovem em Palhoça e encontra corpo da vítima

    O casal Thuane Gonçalves da Cruz e Rudimar Muller foi agredido e depois queimado na madrugada da última terça-feira

    Thuane Gonçalves da Cruz, 20 anos, foi morta junto com o namorado Rudimar Muller, 18, na madrugada de terça-feira

    Foto: Reprodução /Facebook

    A Polícia Civil de Palhoça prendeu na manhã deste sábado quatro suspeitos de assassinar a jovem Thuane Gonçalves da Cruz, 20 anos, e Rudimar Muller, 18 anos, em Palhoça, na Grande Florianópolis. Após informações repassadas pelos próprios suspeitos, a polícia encontrou o corpo de Thuane na BR-282, em Águas Mornas. A identidade foi confirmada através das impressões digitais. No final da manhã deste sábado uma quinta pessoa foi detida por suspeita de envolvimento no crime cometido na madrugada de terça-feira. 

    Os suspeitos presos em operação conjunta da Polícia Civil de Palhoça e Delegacia de Homicídios da Capital no bairro Alto Aririú foram encaminhados à Divisão de Investigação Criminal (DIC) por volta das 9h. Eles seriam levados à Penitenciária de Florianópolis, no bairro Agronômica, no mesmo dia, conforme informações da delegada responsável pelo caso, Raquel Freire. 

    O cumprimento dos mandados de prisão expedidos pela Comarca de Palhoça começou por volta das 6h deste sábado. De acordo com a delegada, as roupas de Thuane foram encontradas na casa de um dos presos. Drogas, objetos queimados e papéis com anotações sobre o tráfico foram apreendidos pela polícia. Dois suspeitos também foram autuados em flagrante por tráfico de drogas. Eles podem responder pelos crimes de duplo homicídio, vilipêndio a cadáver e organização criminosa.

    Os peritos do Instituto Geral de Perícias (IGP) que acompanharam a operação recolheram todo o material apreendido para análise. Segundo a delegada, as investigações continuam.

    — Continuamos com o objetivo de esclarecer ainda mais os fatos, se outras pessoas têm envolvimento, detalhar a conduta de cada indivíduo. O que a gente queria fazer era dar uma resposta à altura para a sociedade, para as famílias das vítimas que infelizmente perderam seus entes queridos.

    Segundo a delegada, a motivação do crime está ligada a rivalidade entre facções e o tráfico de drogas. As investigações tiveram apoio da Polícia Militar de Palhoça e da Delegacia de Homicídios da Capital. 

    Identificação 

    A identidade do corpo encontrado às margens da BR-282 foi confirmada na tarde deste sábado. Embora estivesse carbonizado, os técnicos do Instituto Médico Legal (IML) conseguiram comparar as impressões digitais da vítima por macrofotografia.

    Entenda o caso

    O casal Thuane e Rudimar foi agredido e queimado ainda vivo na madrugada da última terça-feira (21). A ação foi filmada e divulgada pela internet. O corpo de Rudimar foi encontrado carbonizado na manhã do dia 22. Já o da namorada ainda estava desaparecido  até a manhã deste sábado.

    Diário Catarinense