Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 09/02/2019 11h23

    Polícia Civil cumpre 27 mandados de prisão preventiva para combater organização criminosa no Morro da Caixa

    A Policial Civil de Santa Catarina deflagrou neste sábado (9) a 3ª fase da Operação Broken Box para combater uma organização criminosa na comunidade do Morro da Caixa, em Capoeiras, na parte continental de Florianópolis. A ação teve como objetivo o cumprimento de 27 mandados de prisão preventiva expedidos pela Justiça. As ações são realizadas pela Central de Investigação do Continente (Cicon), comandadas pelo delegado João Adolpho Fleury.

    Segundo a Polícia Civil, os mandados foram expedidos após investigações materializadas no inquérito policial que foi finalizado recentemente. Então, foi comprovada a existência de uma organização criminosa, que age na região do Morro da Caixa. A facção explora o tráfico de drogas com força armada e com participação de adolescentes, entre outros delitos. 

    O nome da operação, "Broxen Box" ("caixa quebrada", em inglês), faz uma referência à região onde há a atuação do grupo criminoso. A reportagem da CBN Diário entrou em contato com o delegado Fleury, por volta de 10h30. Ele disse que ainda estava envolvido com os trabalhos e não tinha como repassar naquele momento outras informações sobre a operação deflagrada neste sábado. 

    A primeira fase da Operação Broken Box para combater o tráfico de drogas na Grande Florianópolis foi realizada no dia 14 de dezembro do ano passado, quando foram presas 13 pessoas e cumpridos 50 mandados de busca e apreensão. Já na segunda etapa, a Justiça expediu 15 mandados, com a intenção de prorrogar por mais 30 dias as prisões temporárias dos suspeitos. 

    Os 27 indiciamentos foram, principalmente, pelos crimes de integrar organização criminosa e tráfico de drogas. Após a remessa do inquérito policial, as prisões preventivas foram expedidas pela Vara Metropolitana de Florianópolis, que recebeu a denúncia elaborada pela 39ª Promotoria de Justiça.
     
     

    CBN Diário