Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 21/11/2018 13h49

    Pinho Moreira exonera Cássio Taniguchi da Superintendência da Região Metropolitana de Florianópolis

    Decisão é tomada após governo retirar da Alesc projeto que trata do transporte coletivo integrado por oito municípios

    Foto: Marco Favero /Agencia RBS

    O governador de Santa Catarina, Eduardo Pinho Moreira (MDB), deverá exonerar o superintendente da região metropolitana, Cássio Taniguchi. A decisão é tomada após o governo estadual ter retirado da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) o projeto que autoriza a Superintendência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Florianópolis (Suderf) a fazer a concessão do serviço de transporte coletivo em oito cidades. 

    Em entrevista durante a apresentação da Operação Veraneio, em Florianópolis, nesta quarta-feira (21), Pinho Moreira disse que a exoneração é "o caminho natural" e que Taniguchi tinha "dificuldade em se comunicar" com o governador — mesmo antes com Raimundo Colombo (PSD). A princípio, a alegação para a retirada da pauta do Legislativo catarinense é devido a dúvidas sobre a proposta, que será discutida com o futuro governador Carlos Moisés da Silva (PSL). 

    A superintendência é ligada à secretaria do Estado de Planejamento e foi a responsável pelo projeto do transporte coletivo integrado na região. Antes do atual governador anunciar a decisão de exonerá-lo, Cássio Tanuguchi deu entrevista à CBN Diário e considerou a retirada do projeto "inesperada" e "intempestiva". 

    De acordo com Taniguchi, foram três anos trabalhando sobre o projeto e que, segundo ele, foi discutido amplamente, além de ter o aval dos prefeitos envolvidos. Inclusive, a prefeita de São José, Adeliana Dal Pont (PSD), também manifestou surpresa em entrevista no Direto da Redação da manhã. 

    CBN Diário