Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 11/01/2019 16h21

    No final do ano, média de lixo recolhido em um dia chega a 1300 toneladas, diz presidente da Comcap

    Galeria de imagens

    O coronel da reserva da Polícia Militar, Márcio Luiz Alves, assumiu no dia 2 de janeiro a presidência da Autarquia de Melhoramentos da Capital (Comcap). Antes mesmo de iniciar no cargo, Márcio Alves  acompanhou as operações do final do ano passado, com o Natal e Ano Novo, e comentou o fluxo da coleta nos últimos dias de 2018.

    — No fim do ano é um desafio. Nós temos um aumento significativo do material que é depositado nas ruas. Temos uma média de 572 toneladas de lixo, ao dia, durante o ano, e nós chegamos a uma média de 1300 toneladas em um dia, no fim do ano — comenta o presidente da Comcap, Márcio Alves.

    Durante a temporada, além do aumento do número de pessoas na Ilha, o que gera mais lixo e mais demanda para a Comcap, o trânsito se intensifica e dificulta a coleta.

    — Nós tivemos um problema muito sério de trânsito, que todo o cidadão que mora em Florianópolis, ou passou por aqui, sentiu na pele. Então imagina um caminhão com sete toneladas de lixo.

    Entre os problemas que se agravam entre dezembro e fevereiro, um deles é o de locais de difícil acesso por parte da Comcap. 

    — Temos caixas que são depositadas em alguns pontos para que as pessoas coloquem seus resíduos e, quando chegamos, ela está cercada por carros estacionados e nosso equipamento não consegue chegar para retirar o lixo — relata o presidente da Comcap.

    CBN Diário