Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 01/04/2018 18h17

    Na despedida do Catarinense, Avaí sofre o empate no final do jogo contra a Chapecoense

    Avaí ficou duas vezes à frente no placar, mas a Chape correu atrás do resultado

    Foto: Leo Munhoz /Diário Catarinense

    O Avaí pretendia ter um despedida feliz de um Campeonato Catarinense 2018 que ficou aquém do planejado inicialmente. No entanto, a Chapecoense conseguiu correr atrás de duas derrotas parciais durante a partida deste domingo na Ressacada e frustou os planos do Leão. Com o 2 a 2 nesta última rodada, o Verdão consolidou a liderança do Estadual com 40 pontos. Já o Avaí ficou em quarto, com 26.

    A partida também marcou a despedida de Marquinhos no Campeonato Catarinense. O meia do Avaí pretende se aposentar no final de 2018. E foi justamente ele quem deu a assistência para o primeiro gol do jogo contra a Chape. O meia correu pela intermediária e fez um belo passe entre três marcadores para Getúlio marcar na saída de Ivan, aos 4 minutos de jogo. Essa foi a primeira finalização do Leão na partida.

    O empate da Chape veio somente aos 38 minutos do primeiro tempo. Depois de escanteio pela esquerda, o zagueiro Douglas cabeceou para marcar. Na segunda etapa os dois times fizeram modificações e apostaram em jovens ou atletas recém-chegados.

    Ouça os gols pela narração de Salles Jr

    Foi o caso da entrada de Beltrán no Avaí. O atacante paraguaio foi contratado no começo do ano e estava em treinamento para condicionamento físico. Esta foi a sua segunda partida, suficiente para ele marcar o primeiro gol pelo Leão. O paraguaio aproveitou cruzamento pela esquerda para marcar o 2 a 1.

    Mas a Chapecoense não se entregou e conseguiu o empate aos 41 minutos do segundo tempo. O meia Vinicius arriscou de fora da área. A bola bateu na trave direita e depois nas costas de Rubinho para entrar e fechar o placar. Os dois times ainda tiveram chances até o final do jogo, mas Ivan, pela Chape, e Rubinho, pelo Avaí, evitaram que a partida tivesse um vencedor.

    A partir desta segunda-feira o Leão se concentra na Copa do Brasil. No dia 11 de abril o time encara o Goiás. Já a Chape começa a treinar visando a final do Campeonato Catarinense, no próximo domingo, em jogo único na Arena Condá.

    Ficha técnica

    AVAÍ (2): Rubinho; Guga, Alemão, Betão e João Paulo; Juan, Marcinho e Marquinhos (Bryan); Luanzinho (Rafinha), Romulo e Getúlio (Beltrán). Técnico: Claudinei Oliveira. 

    CHAPECOENSE (2): Ivan; Kendy, Douglas, Luiz Otávio e Vinícius Freitas; Márcio Araújo, Nenén (Bruno) e Alan Ruschel (Apodi); Júnior Santos, Vinícius e Bruno Silva (Arthur Caike). Técnico: Gilson Kleina.

    GOLS: Getúlio (A), aos 4 do 1º, Douglas, aos 38 do 1º, Beltrán, aos 32 do 2º, e Vinicius, aos 41 do 2º. AMARELOS: Luan (A), Luanzinho (A) e Vinícius Freitas (C). PÚBLICO: 1.420 pessoas. RENDA: R$ 22.790,00. ARBITRAGEM: Charly Wendy Straub Deretti, auxiliado por Maíra Americano Labes e Elen Carolin Portal Sieglitz. LOCAL: Ressacada, em Florianópolis.

    Confira a tabela do Catarinense 2018
    Leia mais notícias sobre o Catarinense 2018

    Diário Catarinense