Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 14/12/2018 12h09

    Moacir Pereira: definida última vaga de SC na Câmara Federal

    Foto: /Agencia RBS

    O ministro Admar Gonzaga, do Tribunal Superior Eleitoral, suspendeu ontem a noite os efeitos do acordão do Tribunal Regional Eleitoral, que reconhecia a candidatura de Ivana Laís da Conceição (PT), ao cargo de deputada federal. Ela havia sido indeferida pela falta de uma negativa que não foi apresentada na época. 

    Esta decisão do TRE catarinense reverte a decisão que validava os 495 votos de Ivana Conceição, garantindo a última vaga de Santa Catarina na Câmara Federal à deputada Ana Paula Lima, também do PT que não se elegeu por apenas um voto. Com esta nova decisão do TSE, será diplomado no próximo dia 18 pelo TRE como deputado federal  o deputado estadual Ricardo Guidi (PSD) de Criciúma.

    Há, contudo, outra expectativa, sobre a situação do deputado federal João Rodrigues, também do PSD, que aguarda julgamento de novos recursos no Supremo Tribunal Federal.  Seus votos, superiores ao de Ricardo Guidi, não forma validados pela Justiça Eleitoral. Isto significa que até a próxima terça-feira permanecem dúvidas sobre a formação da bancada de Santa Catarina na Câmara Federal.

    Florianópolis

    E hoje dois eventos na agenda da Capital. As 9 horas a última reunião do ano do sistema Fiesc, com a apresentação pelo presidente da Federação, Mario Cezar de Aguiar do Plano de Internacionalização dos produtos de Santa Catarina. Na ocasião,  o Diretor Executivo da CNI, José Augusto Fernandes, faz  uma exposição sobre “Perspectivas da Economia Brasileira”. 

    As 20 horas, na Acate Primavera, serão premiadas pela Fundação Certi, as empresas e instituições que se destacaram durante o o ano em inovação e tecnologia. O principal troféu será outorgado à Ufsc.

    Ouça na íntegra o comentário de Moacir Pereira

    CBN Diário