Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 13/11/2018 19h21

    Melhor visitante da Série B, Avaí quer mais um triunfo fora de casa

    Última derrota longe da Ressacada foi na 29ª rodada

    Rodrigão é esperança de gol para o torcedor avaiano

    Foto: André Palma Ribeiro /Avaí Futebol Clube

    O Avaí tem uma verdadeira decisão no próximo sábado contra o CSA/AL, 17h (horário de Brasília), em Maceió para continuar firme na briga por vaga na Série A de 2019. Sem  vencer há três jogos, com dois empates e uma derrota, o time quer fazer valer um número que acompanha a equipe ao longo da Série B que é a de melhor campanha como visitante. Em 18 jogos fora da Ressacada, o Leão venceu oito partidas e com isso tem 53,7% de aproveitamento. A última vez que o Avaí perdeu fora de seus domínios foi na 29ª rodada quando foi derrotado pelo Coritiba por 1 a 0.

    No primeiro turno, o Avaí fez a maioria dos seus resultados fora da Ressacada e dentro de casa o Leão não tinha o mesmo desempenho. Já no returno, o Avaí começou a vencer diante do seu torcedor e longe de casa o rendimento caiu, tanto que chegou a perder três partidas seguidas fora da Ressacada (Paysandu, Criciúma e Coritiba). Depois disso, a equipe voltou a ser forte longe de casa, vencendo Guarani, Goiás e empatando com o Atlético/GO. Essa sequência levou o Leão da Ilha ao topo da tabela como visitante na competição. Ao todo, o Avaí soma 29 pontos em 18 jogos, com oito vitórias, cinco empates e cinco derrotas. Como o confronto é fora de casa, o que o torcedor mais quer é ver o Avaí seguir nesse ritmo para chegar ao objetivo. O goleiro Kozlinski fez questão de lembrar o fato do time ser o melhor visitante da competição. "Esperamos fazer um jogo frio, com inteligência, neutralizar os pontos fortes deles e com tranquilidade fazer nosso jogo, se preocupar com o que temos que fazer, temos a melhor campanha fora de casa. Chegou um momento decisivo em que não pensamos mais somente em somar um ponto, mas em vencer jogos", relatou o goleiro.

    Para o jogo confronto contra o CSA, o técnico Geninho deve ter força máxima, já que Betão volta após cumprir suspensão. Dos titulares, apenas o goleiro Aranha é que não joga mais nesse ano, já que ele se recupera de uma séria lesão no tornozelo direito e ainda está no departamento médico. O primeiro coletivo deve ser realizado na quinta-feira antes da viagem para Maceió, e o técnico pode mandar a campo o seguinte time; Kozlinski, Guga, Betão, Marquinhos Silva, Capa (Igor Fernandes); Judson, Matheus Barbosa; Renato, Pedro Castro, Getúlio; Rodrigão.

    Ouça coletiva do goleiro Kozlinski

    CBN Diário