Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 11/12/2018 16h31

    Meia do Figueirense anuncia aposentadoria: "Vim, vi e venci!"

    Marco Antônio encerra a carreira de jogador aos 34 anos

    Foto: Vinícius Nunes /Figueirense FC

    O meia Marco Antônio anunciou através das redes sociais o encerramento da carreira como jogador de futebol profissional. Aos 34 anos, o jogador esteve em campo apenas seis vezes pelo Figueirense na temporada, marcada para o atleta por lesões e um problema de hérnia de disco. Formado nas categorias de base do São Paulo, ele teve passagens por Vitória, Portuguesa, Grêmio e Náutico.

    Com boa atuação no Figueirense durante a Série A de 2014, Marco Antônio retornou ao Estádio Orlando Scarpelli no ano passado, mas não conseguiu repetir o rendimento. Em 2017 foram 17 partidas e nenhum gol marcado. Com contrato renovado, o atleta passou por uma hérnia de disco e sequência de lesões neste ano de 2018 e com apenas seis jogos na temporada decidiu pelo encerramento da carreira.

    Confira a carta publicada por Marco Antônio:

    Um sonho de criança realizado! Foram 24 anos dedicados a essa realização, dedicados ao futebol. Só eu, Deus e minha família sabem o que passei pra me tornar um atleta de alto nível, pra alcançar exatamente esse sonho de criança, quando eu disse à minha mãe que só seria feliz jogando futebol. Hoje, aos 34 anos, esse ciclo da minha vida se encerra, estou me aposentando do futebol profissional. Com a certeza de que fiz tudo que estava ao meu alcance pra ser um atleta íntegro, honesto, leal e dedicado! Vim, vi e venci! Mas tudo na vida tem um fim e eu sinto no coração que o meu chegou! É momento de devolver todo o apoio, carinho e suporte que os meus familiares e amigos me deram durante todo esse tempo, preciso me dedicar a minha esposa e filhas, aos meus pais, às minhas irmãs e sobrinhos, preciso me dedicar à mim como ser humano, como filho, marido e pai! Palavras são poucas pra expressar toda a minha gratidão às pessoas que me ajudaram durante esses anos todos pra que eu pudesse realizar esse sonho! A todos os meus companheiros desses 13 clubes que tive a oportunidade e o prazer de representar por um período, fica a minha gratidão, companheirismo e amizade. Mais do que vitórias em campo, fica o respeito fora dele, onde a vida realmente faz sentido! Aos meus pais, irmãs, cunhado e sobrinhos, uma vida é pouco pra retribuir tudo o que fizeram por mim! À minha esposa, obrigado por embarcar nesse sonho, no meio do caminho, escuro e sem saber pra onde iria, mas guiado pelo amor e vontade de construirmos juntos. Chegou a hora de desfrutarmos da vida perto dos nossos! Às minhas filhas, devo a obrigação da presença no crescimento de vocês! To aqui! Ao futebol, obrigado por ter me levado à mais linda conquista dessa vida, a realização de um sonho. Tive a oportunidade de jogar com grandes homens, com grandes ídolos, com pessoas que sempre admirei pela televisão e pude compartilhar momentos inesquecíveis! Com esse texto me despeço do futebol com o coração em paz, com a certeza da decisão tomada e com a esperança de um futuro feliz, afinal estamos nessa vida pra que?! Fica aqui o meu muito obrigado!

    CBN Diário