Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 14/01/2019 14h21

    Marquinhos quer encerrar a carreira com jogos dentro da Ressacada

    Meia não confirma se o clássico pode ser uma das partidas

    Marquinhos iniciou a pré-temporada na última quinta-feira

    Foto: Janniter de Cordes /CBN Diário

    Depois de iniciar a pré-temporada, o meia Marquinhos ainda não definiu quais serão os dois jogos que ele vai atuar para completar as 400 partidas com a camisa do Avaí. Depois disso, ele se aposenta de vez dos gramados e vai se tornar gerente de futebol do clube. Muitos torcedores imaginam que um dos jogos deve ser o clássico e se for uma das escolhas do atleta, isso só deve acontecer no segundo turno na Ressacada, já que no turno será na quarta rodada e o atleta ainda não estará apto na parte física.

    Durante as férias, o Presidente do Avaí, Francisco Battistotti, ofereceu uma renovação de contrato por três meses para que Marquinhos fizesse dois jogos com a camisa do Leão durante do Estadual. Com a proposta feita, o jogador contou como foi a conversa para aceitar a proposta do clube de fazer os dois jogos. "Primeiramente no ano passado, por mais que se falasse muita coisa, em nenhum momento foi o meu intuito de forçar fazer os 400 jogos ano passado. A vontade era de ajudar o Avaí a voltar para a Série A. Se jogasse tudo bem, se não jogasse, ajudaria da forma que eu deveria ajudar como acho que ajudei bastante dentro e fora de campo. O Battistotti me chamou em dezembro para conversar sobre esse jogo de despedida, pois teria que ser rápido, pois a Ressacada passaria por uma manutenção no gramado. Eu deixei o presidente bem tranquilo e disse que poderia ser na parada para a Copa América já que a Série A vai parar e a gente faz uma coisa com mais tranquilidade. Então ele me disse se tinha como eu fazer os jogos no catarinense. A gente prorroga o teu contrato, faz um contrato curto aí você bate essa marca de 400 jogos que é uma marca importante pra ti. Então conversei com a família, com o Geninho e acertamos", explicou Marquinhos.

    Com a definição, o que mais se pergunta agora é se um dos jogos pode ser o clássico, mas o meia mantém a cautela e ainda não diz quais serão os jogos. "É isso aí que todo mundo está perguntando. Eu vou me preparar para estar bem. Não botamos datas e nem adversários. O catarinense tem dez times, então dos nove eu posso jogar qualquer um. Então eu vou me preparar, quero estar bem, vou conversar com Geninho, mas eu posso adiantar que os jogos serão em Florianópolis, agora se será do lado do continente ou da ilha aí vocês tem que pesquisar (risos), mas a princípio os jogos devem ser na Ressacada", destaca o meia.

    Ouça a entrevista do meia Marquinhos

    CBN Diário