Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 08/10/2018 16h28

    Integrado no Figueirense, goleiro de 19 anos é o novo reserva de Denis

    Comissão técnica mantém Vitor Caetano no grupo profissional

    Foto: Vinicius Nunes /FFC

    O goleiro Vitor Caetano, de 19 anos, será integrado de maneira definitiva ao time profissional do Figueirense e passa a ser opção a Denis, titular na meta alvinegra durante toda a temporada. Atleta do clube há seis anos, ele recebe a oportunidade com a lesão de Alisson, que sofreu uma fratura na fíbula e não joga mais neste ano. O jogador de 1,90m foi relacionado em três partidas na Série B, mas ainda não fez sua estreia pela equipe principal.

    - Estou vendo como uma real oportunidade. Infelizmente com a lesão do Alisson, mas eu tenho esta oportunidade agora de ter ido para dois jogos em sequência. A gente tem chance, sabemos muito bem disso. Estamos trabalhando forte. Vou continuar trabalhando como tenho feito todo o ano. Em campo os resultados vão naturalmente acontecer, deixo nas mãos do treinador e da direção do clube - comenta o goleiro.

    O Figueirense tem exemplos de grandes goleiros nos últimos anos. Desde Wilson, que irá visitar o Estádio Orlando Scarpelli no sábado com a camisa do Coritiba, o Alvinegro ainda teve Tiago Volpi, Alex Muralha e Gatito Fernandez. No caso de Volpi, a oportunidade de atuar apareceu pelo Alvinegro ocorreu em situação parecida com a de Vitor Caetano, na reta final da temporada de 2012 quando a equipe já tinha o rebaixamento matemático para a Série B.

    - Quando cheguei aqui o Wilson ainda jogava no clube, é um dos ídolos que tenho na carreira. Será um encontro gratificante, mas dentro de campo são 11 contra 11. Outro que pude trabalhar foi o Volpi, eu era bem novo, mas cheguei a treinar com ele. Hoje se destaca bastante no México. Gosto do estilo de jogo dele, do jogo com os pés - afirma Vitor Caetano.

    CBN Diário