Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 22/10/2018 14h52

    Imóveis vão a leilão para garantir pagamento de impostos municipais em Florianópolis

    Estão marcados para os dias 31/10 e 13/11

    Para garantir o pagamento de impostos em atraso, a prefeitura da Capital vai leiloar 50 imóveis nos dias 31 de outubro (quarta-feira) e 13 de novembro (terça-feira). A expectativa, com a venda judicial feita pela Vara de Execuções Fiscais  Municipais e Estaduais da Capital, é de arrecadação direta de mais de R$ 500 mil, segundo informações do município. As cobranças são realizadas desde o ano passado. Os imóveis estão descritos no site https://bit.ly/2S9w4BK

    Arrecadação de R$ 10 milhões -  Segundo o Subprocurador Fiscal e Tributário do Município,  Augusto Porto de Moura, a atuação da Procuradoria-Geral do Município já arrecadou mais de 10 milhões de reais somente nos últimos dois meses e, com os leilões judiciais que deverão ocorrer com bastante frequência, a tendência é que esta arrecadação aumente ainda mais.

     “Os contribuintes devem ter a consciência de que o pagamento do IPTU no prazo correto é extremamente importante para que a cidade possa desenvolver e atender à população nas mais diversas necessidades (saúde, educação, assistência social e infraestrutura)”, destaca o procurador.

    Ainda segundo ele, o IPTU é um dos dos impostos mais justos, pois o retorno para a cidade é integral, diferente dos demais tributos que não possuem esta mesma característica, pois são direcionados para Brasília, tendo pouco retorno para a cidade.

    As ações de cobrança da dívida ativa, denominadas de execução fiscal, ocorrem após o não pagamento do tributo na data prevista, sendo levadas ao Poder Judiciário objetivando a penhora e posterior venda e recuperação do crédito para a cidade.

     

     

     

    CBN Diário