Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 15/11/2018 8h05

    Governador eleito diz que estatais catarinenses serão privatizadas, mas ainda não divulga quais

    Foto: Renato Alves /Divulgação

    Durante a sua passagem por Brasília, onde se encontrou com o futuro presidente Jair Bolsonaro (PSL), o governador eleito de Santa Catarina Carlos Moisés da Silva (PSL) manifestou a intenção de privatizar empresas públicas, mas ainda não foram definidas quais vão passar por este processo.  

    A reunião ocorreu nesta quarta-feira (14) com outros governadores eleitos, no Centro Internacional de Convenções da capital federal. O evento contou também com a presença dos ministros anunciados para a Fazenda, Paulo Guedes, e para a Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS). 

    Segundo a assessoria de Carlos Moisés, o governador eleito entregou uma carta de intenções com questões referentes à dívida pública de Santa Catarina, os gastos com a folha de pagamento, além de pontos ligados à saúde e à segurança pública. 

    Ainda nesta quarta-feira, na agenda de Moisés, foi marcado um jantar com embaixadores da China, EUA, Itália, Espanha, Alemanha e Argentina para impulsionar novos negócios entre empreendedores desses países com empresários catarinenses. 

    *Com apoio da NSC TV 

    CBN Diário