Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 13/05/2019 23h54

    Figueirense notifica Honigman, que tem 60 dias para cumprir cláusulas

    Conselho Administrativo questiona o cumprimento do contrato

    Foto: Kadu Reis /CBN Diário

    O Conselho Administrativo do Figueirense notificou a empresa Elephant, representada por Cláudio Honigman, sobre o descumprimento de cláusulas do contrato assinado em agosto de 2017 que transferiu o controle do futebol profissional do clube. A gestão tem 60 dias para se adequar ao que é exigido no documento e caso o faça extingue o objeto da cobrança. O presidente do Conselho Deliberativo, Francisco (Chiquinho) de Assis Filho, falou sobre o tema em entrevista à CBN Diário na noite desta segunda-feira, após o término da reunião extraordinária marcada por protesto de torcedores no lado de fora do Estádio Orlando Scarpelli.

    — Conselho Administrativo, na pessoa do presidente (Luiz Fernando) Phillipi já tem discutido essa possibilidade há no mínimo 15 dias. Hoje pela manhã foi formalizada a entrega desta notificação, que nada mais é do que aquilo que é previsto no contrato com a Elephant. Um pedido de informações para que nós possamos ter mais clareza nos prazos de investimento e de cumprimento das cláusulas previstas no contrato. A notificação vale por 60 dias e há uma expectativa de que neste prazo nos seja apresentado pela Figueirense LTDA um plano de investimentos e saneamento que possa ser efetivamente implementado. E além disso o atendimento às cláusulas do contrato com a Elephant que não vêm sendo cumpridas, que são várias cláusulas. Certamente, uma vez sanadas, vão atender as expectativas do torcedor — afirma Chiquinho de Assis.

    A reunião extraordinária acompanhada pelos torcedores no lado de fora teve no interior do memorial uma fala do diretor de planejamento e relações institucionais Murilo Flores. Ele abordou o plano de investimos da administração para o futuro e outros projetos, além de ficar à disposição para os questionamentos dos conselheiros. Segundo Chiquinho de Assis, houve o anúncio da possibilidade de entrada imediata de recursos.

    — Não cabe falar em números, mas ele nos anunciou que ainda nesta semana estará tendo um investimento importante especificamente no departamento de futebol. Contratação de reforços e investimentos que possam trazer um resultado mais imediato. Isso independente dos tais aportes financeiros que são necessários para quitar as outras necessidades do clube — complementa o presidente do Conselho Deliberativo.

    Ouça a entrevista na íntegra:

    CBN Diário