Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 17/05/2019 17h22

    Figueirense demite Murilo Flores e extingue diretoria

    Nova estrutura administrativa do clube terá um comitê gestor

    Foto: Vinicius Nunes /Figueirense FC

    Dois dias após o desligamento do diretor executivo Fernando Kleimmann, o Figueirense anunciou nesta sexta-feira a demissão de Murilo Flores, que atuava na função de diretor de planejamento e relações institucionais. O profissional chegou ao clube em dezembro do ano passado e deixa a estrutura seis meses depois. Em nota oficial, o clube confirma um comitê gestor na nova estrutura administrativa.

    No cargo de diretor de planejamento e relações institucionais, Murilo Flores conduzia a renegociação de dívidas trabalhistas e tributárias do clube. O profissional foi aplaudido em fala ao conselho deliberativo na última segunda-feira, quando expôs o planejamento para o futuro. No site oficial do Figueirense, a saída é explicada pela "ausência de resultados efetivos e da falta de um planejamento concreto para o clube."

    O Figueirense passa a trabalhar com um comitê gestor que irá atuar tanto no futebol profissional quanto na base. Além do presidente Cláudio Honigman e do técnico Hemerson Maria, o grupo tem o coordenador Felipe Gil e o recém contratado diretor de negócios e parcerias Luiz Greco. Outra mudança confirmada foi a ampliação da área de atuação de Bruno Ribeiro, que agora comanda o Diretor de Comunicação e Marketing.

    CBN Diário