Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 21/04/2019 19h22

    "Esse jogo não teve VAR", ironiza técnico da Chapecoense, Ney Franco

    Foto: Leo Munhoz /Diario Catarinense

    O técnico da Chapecoense, Ney Franco, reclama do lance que definiu a disputa do título para o Avaí. Ele não tem dúvida: a bola chutada por Bruno Pacheco, após bater no travessão, quicou dentro do gol, e não em cima da linha, o que daria uma sobrevida ao time do Oeste na decisão por pênaltis do Campeonato Catarinense.

    — Acho que esse jogo não teve VAR. Apenas montaram o aparato. Nem sala tinha no jogo. É unanimidade que essa bola entrou. O juiz não foi lá olhar a revisão do lance — ironizou.

    A Chapecoense deve entrar com uma ação no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) pedindo a anulação da final.

    Ney Franco diz que o campeonato terminou de forma vexatória, referindo-se à invasão de campo pela torcida do Avaí, e afirma que o árbitro "pipocou" ao não assistir o lance antes de encerrar a partida.

    O técnico reclama, ainda, de um lance no começo do jogo que, para ele, se revisto determinaria expulsão de um jogador do Avaí. 

    — No Brasil, estamos avacalhando  o VAR — desabafou.

    CBN Diário