Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 26/04/2019 6h37

    Em SC, Damares diz que não segue "extremismos feministas" nem "exageros conservadores"

    Foto: Luiiz Carlos Souza

    Duas versões da ministra da Mulher,da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, foram perceptíveis nesta quinta-feira (25) em sua primeira visita oficial a Santa Catarina. Em Balneário Camboriú para lançar um programa de envelhecimento ativo, a ministra, que ganhou notoriedade pelas polêmicas que protagonizou nos primeiros meses de governo, fez jus à desenvoltura de pastora evangélica ao falar a uma plateia lotada.

    Emocionada, disse que foi abusada na infância e chocou os ouvidos mais sensíveis ao relatar casos de pedofilia.

    Mais tarde, em entrevista exclusiva à NSC, estava mais séria e contida. Disse que já fez turismo em Balneário Camboriú e comentou os índices de violência do Estado. Mas não evitou tocar em alguns dos assuntos espinhosos que rondam sua pasta e fez críticas fortes ao que considera feminismo extremista.

    CBN Diário