Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 08/08/2017 18h29

    Em nota, pai de condutor envolvido em atropelamento pede desculpas

    Empresário diz esperar que caso seja tratado com serenidade

    Quatro pessoas foram atropeladas por dois carros na manhã de domingo na rodovia SC-402, que dá acesso ao bairro Jurerê, em Florianópolis

    Foto: Leonardo Thomé /Agencia RBS

    O pai de um dos motoristas que atropelaram em sequência quatro pessoas na madrugada de domingo, em Jurerê (Florianópolis), se manifestou nesta terça-feira (8) por meio de nota à imprensa.

    O empresário Sérgio Sirotsky se diz triste e pede desculpas “aos jovens atingidos e a seus familiares”. Ele é pai de Sérgio Orlandini Sirotsky, de 21 anos, que dirigia o Audi A3 encontrado abandonado na SC-401 após os atropelamentos. O condutor se apresentaria nesta terça-feira à polícia, mas sua defesa negocia nova data.

    Na nota, o empresário também diz confiar que “o caso será tratado com serenidade e responsabilidade pelas autoridades competentes”. Veja a íntegra:

    “Lamento profundamente o acidente ocorrido no domingo (6), em Jurerê, envolvendo veículo conduzido por meu filho Sérgio Orlandini Sirotsky.

    Como pai, estou muito triste e peço desculpas aos jovens atingidos e a seus familiares, a quem vamos oferecer todo o apoio e solidariedade para que possam se restabelecer com saúde e retomar suas vidas. Os contatos com os familiares estão acontecendo na tarde desta terça-feira.

    Está sendo muito difícil para nossa família enfrentar este momento, que nenhum pai gostaria de viver. Confiamos que o caso será tratado com serenidade e responsabilidade pelas autoridades competentes.

    Meu filho tem 21 anos, e é responsável por seus atos. Estamos tomando providências para tratar de nosso filho, que também precisa de ajuda.

    Sérgio Sirotsky”

    Como foi o acidente

    Quatro pessoas foram atropeladas por dois carros na manhã de domingo na rodovia SC-402, que dá acesso ao bairro Jurerê, em Florianópolis. Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), o acidente ocorreu por volta das 5h30min, próximo ao complexo Music Park. As vítimas saíam de uma festa no local quando foram atingidas pelos veículos.

    Segundo o boletim de ocorrência, depois do acidente causado pelo Audi A3, onde três pessoas ficaram feridas, outro atropelamento ocorreu no local. Em seguida, Eduardo dos Santos Rios, 25 anos, que conduzia um automóvel SsangYong, atropelou novamente uma das vítimas, Sérgio Teixeira da Luz, e outro homem que prestava socorro, identificado como Maycon Mayer, de 22 anos.

    O motorista do segundo acidente fugiu do local, mas foi abordado por uma viatura da Polícia Militar na avenida Beira-Mar Norte, próximo ao Hotel Majestic, a 18 quilômetros do acidente. De acordo com o boletim de ocorrência, foi constatado que o veículo estava com o para-brisa quebrado, danos no farol e no para-choque — onde foi encontrado um pedaço de tecido jeans.

    O carro de Rios foi recolhido para o pátio da Central de Polícia, no bairro Agronômica. O condutor apresentava sinais de embriaguez e foi submetido ao teste do bafômetro, que acusou 0,74 miligramas de álcool.

    As vítimas foram encaminhadas para o Hospital Celso Ramos. Sérgio, que foi atropelado duas vezes, está em coma por conta das lesões. Já Edson Mendonça de Oliveira sofreu ferimentos leves, mas, embora consciente, não soube dar detalhes do ocorrido, pois relatou que as vítimas foram atropeladas quando estavam de costas para o Audi A3.

    Diário Catarinense