Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 20/04/2017 13h38

    Em meio à onda de homicídios na Capital, governador anuncia reforço na Polícia Civil, IGP e Bombeiros

    Raimundo Colombo (PSD) fez anúncio após reunião com cúpula da segurança pública do Estado nesta quinta-feira de manhã

    Governador Raimundo Colombo

    Foto: Felipe Carneiro /Agencia RBS

    Em reunião fechada com a cúpula da segurança pública do Estado, o governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo (PSD), anunciou na manhã desta quinta-feira reforços para a Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e o Instituto Geral de Perícias (IGP). A convocação do reforço ocorre em meio à onda de homicídios que assola Florianópolis desde o começo do ano.

    Sem data confirmada, Colombo disse que chamará 25 novos delegados, 234 agentes da Polícia Civil e 61 auxiliares criminalísticos do IGP. Todos esses fazem parte de concursos realizados desde 2014.

    — Estamos conscientes do aumento da violência, apreensão de armas cada vez mais potentes e marginais de outros Estados. Não vamos deixa isso acontecer, essa medida é forte — afirmou Colombo.

    Além disso, o governo anunciou que abrirá concursos em 2017 para o Corpo de Bombeiros, IGP e Polícia. A convocação desses aprovados, no entanto, deve ocorrer somente em 2018. Os processos seletivos vão contratar 250 soldados dos bombeiros, 194 escrivães da Polícia Civil, 200 agentes da Polícia Civil, 49 peritos oficiais do IGP e 2 técnicos oficiais do IGP. Os salários das vagas dos novos concursos para as forças de segurança. variam de R$ 4.845,00 a R$ 16.084,00.

    No próximo dia 2 de maio, 1.084 aprovados no concurso da Polícia Militar (PM) de 2015 começam o curso de formação para soldado da corporação. A previsão é que em dezembro eles estejam nas ruas. O impacto das novas contratações feitas somente em 2017 somam R$ 94 milhões.

     

    Diário Catarinense
     
    Comentários