Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 05/12/2018 19h18

    Detalhes separam goleiro Simão do Avaí para a temporada 2019

    Atleta foi campeão brasileiro da Série C pelo Operário/PR

    Goleiro tem 25 anos e foi destaque na Série C do Brasileiro

    Foto: José Tramontin /Operário/PR

    O Avaí está próximo de anunciar o goleiro que chegará para reforçar o Avaí já no Campeonato Catarinense. Depois de conversar com o Ivan, que está na Ponte Preta, o nome da vez é Simão, que se destacou no Operário de Ponta Grossa, no Paraná. O atleta chamou a atenção na campanha do título da Série C do Brasileiro conquistado pelo Fantasma. Com 25 anos e formado nas categorias de base do Criciúma, ele deve chegar e se juntar aos goleiros Léo Lopes e Cláudio Vitor, já que Aranha, Kozlinski e Rubinho não renovaram com o Leão da Ilha.

    Nos bastidores, já é dada como certa vinda do goleiro para a Ressacada. A reportagem da CBN/Diário entrou em contato com o presidente do grupo gestor do Operário/PR, Álvaro Góes, e ele confirmou a proposta do Avaí pelo goleiro Simão, mas segundo o dirigente o valor inicial não agradou e ele fez uma contraproposta e a diretoria do Avaí ficou de dar a resposta, que segundo ele, não havia sido dada até o final da tarde de terça-feira. Góes ainda informou que o valor pedido pelo clube não é grande e o Avaí teria a condição de pagar. Pelo lado do Avaí, o diretor de futebol, Joceli dos Santos, disse que o assunto está sendo tratado pelo presidente Francisco Battistotti que está no Rio de Janeiro tratando de assuntos envolvendo as cotas de TV.

    Simão Verza Bartelli tem 25 anos e é natural de Antônio Prado, no Rio Grande do Sul. Ele começou sua carreira nas categorias de base do Criciúma. Depois passou no Novo Hamburgo onde ficou três temporadas, veio para Santa Catarina onde defende o Atlético Tubarão em duas oportunidades, voltou para o estado gaúcho para jogar pelo Glória até chegar no Operário em 2016. 

    Caso se confirme a negociação com Simão, Ivan, da Ponte Preta, que Avaí tinha a intenção de contratar, não deve vir mais. A informação que o goleiro poderia deixar a Macaca não caiu bem para a torcida do clube e com isso os dirigentes devem recuar do negócio.

    CBN Diário