Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 06/04/2018 11h51

    Descanso e intensidade física marcam a parada do Avaí antes da Copa do Brasil

    Foto: André Palma Ribeiro /Avaí F.C

    Eliminado no Campeonato Catarinense, o Avaí já trabalha de olho na Copa do Brasil e também para a Série B do Brasileiro. Após o início da temporada, essa foi a primeira semana que os atletas tiveram sem jogo, com isso descansaram por dois dias e retomaram os treinos na quarta-feira. Com essa parada, é fundamental o trabalho do preparador físico para deixar os atletas bem para a retomada da temporada, que para o Avaí acontece na quarta-feira, 19h30min, na Ressacada, contra o Goiás, no jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil.

    O primeiro jogo do Avaí em 2018 foi no dia 17 de janeiro na abertura do Estadual, quando o Leão perdeu para o Inter de Lages por 1 a 0. Até o último domingo, 75 dias se passaram e durante esse período a equipe realizou 22 jogos entre Catarinense e Copa do Brasil, uma verdadeira maratona em um curto espaço de tempo. O preparador físico do Avaí, Jaélson Ortiz, explica o trabalho que ele faz com o grupo nesse intervalo. “Hoje, o foco principal é retomar esse tempo que a gente não teve entre os jogos. Uma diferença de 11 dias até o próximo jogo que facilitou no processo de descanso dos atletas e novamente treinamentos em alta intensidade para que eles estejam em uma ótima condição, principalmente pensando que teremos quatro jogos em sequência sem muito descanso entre um jogo e outro”, explicou Ortiz. O profissional ainda relata que esse tempo é muito bom para que ele possa fazer um trabalho de força, potência e velocidade com todos os jogadores e também para que o técnico Claudinei Oliveira tenha tempo para trabalhar os pontos que ele entende como necessário.

    Além de recuperar a parte física dos atletas, outro ponto é considerado importante no Avaí no momento. Jogadores que estavam no departamento médico estão saindo e ficando a disposição. Judson, está praticamente recuperado de uma lesão no adutor do coxa, André Moritz de uma tendinite no calcâneo, e Maurinho de um estiramento de grau 1 no posterior da coxa esquerda. Os três atletas devem ficar aptos para o compromisso contra o Goiás na próxima quarta-feira.

    Ouça a entrevista com Jaélson Ortiz

    CBN Diário