Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 16/01/2019 11h43

    De Ponto a Ponto: motorista de caminhonete que invadiu creche em Chapecó é condenado por lesão corporal

    Foto: André Zanfonatto /NSC TV

    Destaques - De Ponto a Ponto - quarta-feira, dia 16 de janeiro de 2019: 

    • Foi condenado por lesão corporal o motorista de uma caminhonete que invadiu a sala de uma creche em Chapecó, em abril do ano passado. A decisão, da juíza substituta Letícia Bodanese Rodegheri, foi divulgada pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC). Treze crianças, com idade entre 4 e 5 anos, ficaram feridas. Duas delas tiveram lesões graves, mas todas se recuperaram. Na ocasião, o motorista foi submetido ao teste de bafômetro que constatou embriaguez. Ele foi condenado a um ano e dois meses de reclusão, mas poderá recorrer em liberdade. O motorista também teve a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa por sete meses. 
    • Um idoso de 63 anos morreu na noite de terça-feira (15) ao cair em um fosso de um elevador em Balneário Camboriú, no Litoral Norte Catarinense. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a queda foi de aproximadamente 15 metros. Segundo relato de moradores, a vítima estava no apartamento do vizinho que mora no 6º andar e pegou o elevador para voltar ao próprio apartamento, no 5º andar, e fechar uma janela por causa da chuva. Os vizinhos notaram a demora do retorno do idoso e verificaram a porta do elevador entreaberta. A vítima tentou sair do elevador, que travou e caiu. O porteiro foi acionado para abrir o fosso do prédio, onde a vítima foi encontrada morta. Os bombeiros alertam que, em caso de aprisionamento em elevador, é preciso esperar um técnico ou profissional de resgate para sair do local. 

    *Com apoio do G1 SC, da NSC TV e do Diário Catarinense 

    CBN Diário