Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 23/01/2019 11h02

    De Ponto a Ponto: Justiça manda soltar mãe presa após morte de filha de 4 anos

    Foto: NSC TV /Reprodução

    A Justiça concedeu liberdade provisória nesta terça-feira (22) à mãe presa após a morte da própria filha de 4 anos no Oeste catarinense. A decisão do juiz substituto Guilherme Pereima levou em consideração exames preliminares que não confirmaram relação entre as lesões observadas no corpo da menina e a morte dela.

    A mãe foi presa em flagrante na segunda-feira (21) pela morte da filha em Guatambu, no Oeste. De acordo com o delegado Tiago Gonçalves Escudero, a mulher confessou durante interrogatório ter agredido a menina após se exaltar.Agora, tanto a polícia quanto o Poder Judiciário aguardam laudo pericial oficial da morte da criança.

    Morte
    Ainda de acordo com Escudero, a suspeita é que a menina tenha morrido em casa, em Guatambu. Entretanto, o horário da morte ainda será confirmado no laudo cadavérico.

    A criança foi levada para atendimento no hospital de Caxambu do Sul, pela mãe e a cunhada dela. A investigação começou depois que a Polícia Militar foi acionada pela unidade hospitalar, por volta da meia-noite de domingo (20).

    No hospital, foi constatada a parada cardíaca da criança, mas o corpo tinha hematomas. "Ela disse que a agrediu por algum motivo que não sabe dizer, que perdeu a cabeça", falou o delegado. À Polícia Civil, a mãe afirmou que após as agressões a criança caiu de uma escada.

    Homicídios no Norte de SC

    Nos últimos cinco dias, oito pessoas morreram no Norte do estado. Mais homicídios aconteceram nesta madrugada. As informações você confere com  Kleber Pizzamiglio da NSC TV. 

    *Com apoio do G1 Santa Catarina e da NSC TV 

    CBN Diário