- Atualizado em 28/05/2018 15h49

Confira cinco formas de garantir bom desempenho por meio de condutas econômicas no volante

Viagens econômicas

Condutores de caminhões e veículos pesados são os principais responsáveis por garantir a lucratividade do setor de transporte. As ações e condutas tomadas por eles é que possibilitam máximo  desempenho durante o trajeto da viagem.

Existem algumas técnicas e comportamentos que quando bem empregados pode fazer a diferença no gasto de combustível. Podemos usar os mecanismos e ferramentas do veículo em todas as situações da estrada, como retas, curvas, declives e aclives, e também otimizando o bom uso dos freios auxiliares o que vai permitir ações conscientes e resultados positivos para o negócio.


Divulgação Cavese Scania

Os benefícios de uma postura econômica são muitos. O impacto é distribuído entre todos os envolvidos no processo do transporte: condutor, veículo, transportadora e meio-ambiente. Menos cansaço, diminuição do consumo de combustível, redução de emissão de poluentes, menor demanda dos componentes mecânicos e redução de falhas durante a operação estão entre os ganhos de uma direção voltada à eficiência econômica. 

O que fazer para gastar menos na estrada?

1 – Troque as marchas de forma inteligente

Toda vez que a embreagem é acionada, é preciso que seja interrompida a conexão entre motor e transmissão. Isso causa perda de tração e acaba exigindo mais força de aceleração para que o caminhão ganhe novamente velocidade.

A troca estratégica das marchas permite aumentar a velocidade média, diminuir o tempo sem tração e, consequentemente, ajuda na diminuição do consumo de combustível.

Portanto, pagar gastar menos é preciso:

  • Ter o trajeto e topografia bem mapeados ajuda no processo de antecipação.
  • Vencer os aclives o mais rápido possível ajudando o veículo com reduções de marcha.
  • Conhecer bem o quanto cada troca equivale em rotações para o motor.
  • Antecipe o processo de frenagem otimizando o bom uso dos freios.


2 – Aproveite a inércia do veículo

Aproveite a resistência que qualquer matéria oferece à aceleração, sabendo usar o embalo do caminhão sem precisar acelerar. Quando isso é feito corretamente, o veículo se movimenta de forma uniforme e consome menos combustível.