Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 13/12/2018 14h56

    Com ar condicionado quebrado, hospital Celso Ramos cancela cirurgias

    Celita da Silva viajou de Criciúma a Florianópolis para passar por procedimento no ouvido

    Celita volta para Criciúma sem fazer a cirurgia no ouvido

    Foto: Célia Silva /Arquivo pessoal

    A cirurgia de Celita Maciel da Silva, de 45 anos, marcada para as 6h desta quinta-feira (13) no Hospital Celso Ramos, em Florianópolis, foi cancelada pouco antes do procedimento. 

    O argumento apresentado pela unidade de saúde é de que o procedimento no ouvido da paciente não pode ser realizado porque o sistema de ar condicionado do Centro Cirúrgico estava quebrado. 

    A direção do Hospital Celso Ramos informou que o sistema foi quebrado nessa quarta-feira (12) durante a manutenção e que os pacientes prejudicados pelo problema estão tendo as cirurgias remarcadas. O número de cancelamentos não foi informado. 

    Celita viajou de Criciúma para a capital para passar pela cirurgia aguardada há oito anos. 

    — Agora, vou voltar pra casa sem a cirurgia, que foi remarcada para o dia 17. Sem dúvida é um transtorno e um desrespeito. Embora seja pelo SUS [Sistema Único de Saúde] não é de graça, porque a gente também paga por ele — afirmou. 

    A cirurgia, marcada em outubro, agora foi adiada. Os gastos com estadia de hotel, deslocamento, além da perda de um dia de trabalho preocupam a paciente. 

    — Eu e meu marido faltamos ao trabalho e agora esse atestado de comparecimento que nos foi dado, não serve como justificativa para nossa ausência. É um grande transtorno e teremos que passar por tudo outra vez na próxima semana — lamentou. 

    A direção da unidade de saúde informou também que as cirurgias estão sendo retomadas com uso do centro cirúrgico da emergência e que o sistema de climatização deve voltar a funcionar ainda nesta quinta. 

    Ouça a matéria:

    CBN Diário