Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 24/03/2019 15h04

    Catarinenses vencem prova de ciclismo Troféu Roberto Alves

    Prova é parte do ranking nacional de ciclismo e atrai atletas de todo país.

    André Gohr posa com Roberto Alves após a vitória

    Foto: Juliana Gomes /CBN Diário

    André Eduardo Gohr, de 22 anos, é o vencedor do masculino da categoria Elite da Prova Ciclística Subida do Morro da Cruz Troféu Roberto Alves. No feminino, a vitória é de Sílvia krieger. A competição ocorreu na manhã deste domingo (24), em Florianópolis. 

    Natural de Brusque, André integra a equipe Funvic, de Pindamonhangaba (SP). Já Sílvia, é da equipe do Avaí, da capital. 

    O troféu Roberto Alves faz parte do Campeonato Estadual e Nacional de Ciclismo. A prova tem 31 anos e há oito concede o troféu em homenagem ao jornalista esportivo da CBN Diário e NSC TV. Este ano, as categorias Elite, Sub 30 e Master A juntas tiveram 100 competidores dos estados de Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. 

    A atividade entrou para o calendário do aniversário de Florianópolis, que nesse sábado (23), completou 346 anos. 

    Vencedores

    André Gohr também é bicampeão brasileiro de ciclismo, na categoria Sub-23, além de 5º colocado no Mundial Militar de Ciclismo na Holanda e 5º colocado nos jogos Olímpicos da Juventude. Mesmo com tantos títulos importantes, o Troféu Roberto Alves era um sonho antigo:

    - É uma prova bastante dura, disputada, mas eu me preparei bastante. Com a torcida da família, minha mãe, meu pai e minha irmã aqui, só podia dar certo - afirmou. 

    Sílvia Krieger, por mais de uma década competiu no triathlon e há três anos se dedica ao ciclismo, no qual já tem o título de campeã catarinense 2017 e 6º lugar no Sur Internacional do Uruguai no mesmo ano. Para ela, o troféu Roberto Alves tem um significado especial.

    - Essa é uma prova com muita dificuldade, por causa da subida, mas a subida é o meu forte, então, me favoreceu bastante - contou. 

    O percurso da prova compreendeu 23 voltas de 2,8 km, na Beira-mar Norte, entre o semáforo da Rua Arno Hoechel e o semáforo da Avenida Mauro Ramos, finalizado com a subida do Morro da Cruz até a NSC TV.

    Celebração

    A prova que leva o nome do jornalista esportivo Roberto Alves, da CBN Diário e da NSC TV, emocionou não apenas os competidores, mas o próprio homenageado. 

    - Eu fico muito emocionado de rever tantos amigos, de saber que você está fazendo alguma coisa em prol do ciclismo - disse. 

    O primeiro colocado na prova, tanto no feminino quanto no masculino leva um prêmio de R$ 1 mil além do troféu. 

    Classificação

    Masculino
    1º André Eduardo Gohr, da equipe Funvic, de Pindamonhangaba (SP). Elé é natural de Brusque, mas compete pela equipe do interior de SP. Fez a prova em 1h 40min 38s.
    2º Vitor Gustavo Teixeira, da equipe São Francisco Saúde/Klabin, de Ribeirão Preto. Fez a prova em 1h 40min 58s.
    3º Alan Valêncio Maniezzo, da equipe São Francisco Saúde/Klabin, de Ribeirão Preto. Fez a prova em 1h 40min 58s.
    4º Felipe Fossati Reichert, atleta de RS, integra a equipe da Bike Point, de Criciúma (SC). Fez a prova em 1h 41min 07s
    5º Samuel Stachera, da Rio de Janeiro Cycling Team. Fez a prova em 1h 41 min 17s.

    Feminino
    1º  Sílvia Krieger, da equipe do Avaí. Fez a prova em 1h 22min 36s
    2º Priscila Corso, do Avaí. Fez a prova em1h 23min 18s.
    3º Tamires Radatz, do Avaí. Fez a prova em 1h 24min 03s.
    4º TaIse Maiara Benato, da equipe Memorial Santos (SP). Fez a prova em 1h 25 min 58s.
    5º Cléia Marques, da equipe FMD, de Rio do Sul (SC). Fez a prova em 1h 26min 57s.

     

    CBN Diário