Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 19/01/2019 8h44

    BR-282 supera BR-101 e é a rodovia federal com mais mortes no estado em 2018

    Em março, três pessoas morreram em acidente de trânsito na BR-282 em Rancho Queimado, na Grande Florianópolis,

    Foto: Corpo de Bombeiros /Divulgação

    Em Santa Catarina, a BR-282 superou a BR-101 em número de mortes em 2018. Na estrada que liga a Grande Florianópolis ao Oeste do estado, foram 108 pessoas que perderam a vida devido a acidentes de trânsito - uma a mais do que na principal rodovia do litoral catarinense. 

    Os dados foram revelados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) nesta quinta-feira (17). 

    Assim, a quantidade de vítimas que morreram em acidentes na BR-282 cresceu 33,3% em comparação com 2017, quando 81 pessoas perderam a vida na rodovia. No caso da BR-101, o número caiu 22,5%, já que houve um total de 138 mortes no trecho catarinense em 2017. 

    A BR-470, o principal acesso ao Vale do Itajaí, registrou, em 2018, 97 vidas perdidas com acidentes na rodovia que ainda está em duplicação. Isso representa um aumento de 19,8% no comparativo com o ano anterior, que registrou 81 mortes. 

    Números gerais 

    O número de vítimas que morreram em rodovias federais de Santa Catarina teve um pequeno acréscimo, na comparação dos últimos dois anos: de 381 para 387. Ainda assim, estes foram os menores registros de mortes no estado nos últimos 23 anos. 

    Os dados da PRF ainda contabilizaram 8.478 acidentes no ano passado, com 9.240 feridos. Em relação a 2017, houve queda nesses dois quesitos. A corporação faz a contagem de vítimas durante o atendimento na pista, e não daquelas que perderam a vida nos hospitais. 

    Ouça a entrevista com o inspetor da PRF, Adriano Fiamoncini, no Notícia na Manhã com Mário Motta: 

    CBN Diário