Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 21/03/2016 10h14

    Bombeiros fazem buscas por jovem desaparecido em trilha no Saquinho após ataque de abelhas

    Quatro amigos ficaram feridos no ataque

    Foto: Diorgenes Pandini /Agencia RBS

    Guarnições do Corpo de Bombeiros retomaram na manhã deste domingo as buscas por Igor dos Santos, 19 anos, que desapareceu na trilha para a praia do Saquinho, no Sul da Ilha, na tarde de sábado, após ele e mais três amigos serem atacados por abelhas. O comandante do Corpo de Bombeiros de Florianópolis, Élton Severino, falou sobre o caso em entrevista à CBN Diário. Ouça:

    Leia mais notícias da Grande Florianópolis

    Segundo informações dos Bombeiros, os quatros jovens estavam indo da praia do Solidão em direção a praia do Saquinho pelas pedras no costão, por volta das 17h de sábado, quando foram surpreendidos pelo enxame. Todos foram picados e se dispersaram para tentar se proteger. Um dos jovens ficou bastante ferido e foi encaminhado para o Hospital Universitário, mas estava fora de perigo. Outro torceu o tornozelo ao cair no mar, e também foi encaminhado para o hospital. Igor foi visto pela última vez por um amigo tentando subir pelo mato em direção a trilha que fica um pouco mais acima.

    De acordo com a comandante de área, Tenente Heloísa, na tarde deste domingo o chinelo do jovem foi encontrado no meio do mato. Moradores relataram aos Bombeiros que os jovens não estavam na trilha que é sinalizada e com calçamento, mas por um outro caminho no costão: 

    — Pelas informações que tivemos dos próprios amigos e termos encontrado o chinelo, primeiro vamos esgotar as buscas em terra. Tivemos o apoio do helicóptero Arcanjo e agora com a chegada da equipe com cão treinado, que vai acampar no local — explicou.

    Pai acompanhava as buscas

    Assim que recebeu a notícia do desaparecimento do filho, Rogério May, pai de Igor, foi para a praia auxiliar nas buscas. Após passar a noite em claro, no início da tarde deste domingo ele acompanhava o trabalho dos Bombeiros e renovou a esperança de encontrar o filho com a vida com a chegada do labrador Zen, cão treinado para buscas em condições extremas.

    O pai conta que Igor saiu de casa na manhã de sábado, no bairro Prainha, e avisou que iria na casa do amigo Cauê para um passeio. 

    — Fiquei a noite inteira aqui procurando. Minha esposa está em casa muito nervosa cuidando dos outros filhos, mas tenho esperança que ele vai ser encontrado — disse.

    Igor é estudante de engenharia elétrica na UFSC.

     

    Hora de Santa Catarina