Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 17/12/2018 15h49

    Beira-Mar Norte estará balneável no início de 2019, reafirma presidente da Casan

    IMA deve monitorar qualidade da água no primeiro trimestre.

    Foto: Casan /divulgação

    A praia da Beira-Mar Norte, em Florianópolis, deverá estar liberada para banho ainda no verão de 2019. Em entrevista ao Estúdio CBN, o presidente da Casan Adriano Zanotto voltou a afirmar que a baía norte estará balneável em poucos meses. Conforme o presidente, no primeiro trimestre do ano que vem, a praia passa a ser monitorada pelo Instituto Meio Ambiente (IMA), que deverá atestar a balneabilidade.

    _ A obra de despoluição da Beira-mar Norte está dentro do cronograma e nossa expectativa é de que no início do próximo ano o trabalho seja concluído. No final deste ano, vamos começar a pré-operação. Agora, quem quiser tomar banho, acho que é mais uma questão de a população ir adquirindo confiança com os resultados de balneabilidade. Creio que no ano quem vem as pessoas vão se sentir confortáveis com relação a isso - afirmou Zanotto. 

    Estiagem

    De acordo com a Epagri, vários rios do estado estão em situação de emergência para a estiagem.  Mesmo com o aumento do consumo de água nesses dias de calor, Zanotto informou que  na região metropolitana não há risco de desabastecimento. 

    - Estamos planejando a temporada desde março. Com os investimentos que fizemos na Grande Florianópolis podemos assegurar o abastecimento na região - afirmou. 

    Com relação ao Norte da Ilha, voltou a esclarecer que não há risco de faltar água durante a temporada de verão. 

    - Há três anos esse assunto saiu da pauta, porque foram tomadas medidas de novos poços, novos geradores, de maneira a não deixar que falte água no Norte da Ilha. Além de manter os poços que temos outros, adquirimos outros novos e geradores. Então, mesmo que tenha pane elétrica com temporais, aqui não temos problemas por conta dos geradores - informou. 

     

    CBN Diário