Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 21/01/2018 19h15

    Avaí vira contra o Joinville e vence a primeira no Catarinense 2018

    Alemão e Martinuccio marcam os gols na vitória, por 2 a 1, sobre o JEC, na Ressacada

    Alemão fez o gol de empate e abriu caminho para a reação do Leão

    Foto: Cristiano Estrela /Diário Catarinense

    Com uma dose extra de sofrimento, o Avaí venceu a primeira no Campeonato Catarinense 2018. Neste domingo, o Leão saiu atrás diante do Joinville, mas após ficar com um jogador a mais - Evaldo foi expulso - virou o placar e fez 2 a 1, na Ressacada, em Florianópolis, pela segunda rodada. Thiago Alagoano colocou o JEC em vantagem, no primeiro tempo, mas Alemão e Martinuccio, na etapa final, garantiram o triunfo para os azurras diante da torcida.   

    O Avaí chegou aos três pontos e assumiu a sexta colocação, enquanto que o Joinville segue com os mesmos três pontos, mas está em quinto lugar por ter maior número de gols em relação ao adversário (3 contra 2). Os times voltam a campo na quarta-feira, às 20h30min, pela terceira rodada. O Leão enfrenta o Hercílio Luz, no estádio Aníbal Costa, em Tubarão. O JEC recebe o Inter de Lages, na Arena Joinville. 

    Susto, falha de goleiro e expulsão
    O Avaí teve duas mudanças em relação à derrota, por 1 a 0, para o Inter de Lages, na estreia: Marquinhos na vaga de Martinuccio, no meio, e Rômulo no lugar de Luan. Mesmo com o nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID), da CBF, Rafinha seria a terceira novidade no time, mas ele não apareceu no sistema interno da Federação Catarinense de Futebol (FCF). Do outro lado, o Joinville repetiu a formação que fez 2 a 1 sobre o Brusque.

    Em campo, o Marquinhos deixou Lourenço de frente para Matheus, mas o atacante azurra chutou em cima do goleiro Matheus. Em seguida, o Avaí ficou sem Kozlinski. O arqueiro teve um corte no supercílio após choque com Madson, do JEC. Ele foi substituído por Cláudio Vitor, de 17 anos. Isso porque, Rubinho não está bem fisicamente para atuar e Léo Lopes, titular na Copa São Paulo, está suspenso devido a briga no Catarinense Sub-20, em 2017.

    E o destino foi cruel com o jovem goleiro do Leão, pois o Tricolor abriu o placar justamente em uma falha dele. Aos 14 minutos, Madson fez o cruzamento da esquerda,Rafael Grampola desviou de leve e a bola passou por entre as penas de Cláudio Vitor, que tentou encaixar. Ela bateu na trave e sobrou para Thiago Alagoano empurrar para o gol e fazer 1 a 0 para o JEC.

    Em vantagem no placar, o Joinville travou o jogo e abusou das faltas no primeiro tempo. Em seis minutos, o time recebeu três cartões amarelos por conta de faltas duras: Dick, Evaldo e Alex Ruan foram punidos. E o Tricolor foi para o intervalo com um atleta a menos. Aos 45, Evaldo pisou no pé de Rômulo e foi expulso pelo árbitro Rodrigo D'Alonso Ferreira.

     FOTO PARA ONLINE. Avaí x Joinville pela Campeonato Catarinense.
    Evaldo, do JEC, foi expulso aos 45 minutos do primeiro tempoFoto: Cristiano Estrela / Diário Catarinense

    Leão consegue a virada
    Buscando aproveitar a vantagem numérica em campo, o Avaí se postou no campo de ataque no segundo tempo e obrigou o JEC a se defender. Em um lance de bola parada, aos 12 minutos, o Leão conseguiu o gol de empate. Marquinhos cobrou falta para o meio da área, e Alemão desviou para vencer Matheus. O gol animou os azurras, e João Paulo pegou o rebote de fora da área e com uma pancada assustou o goleiro do Joinville. Ouça o gol de empate na narração de Salles Jr:

    A pressão do Leão resultou no gol da virada em uma jogada coletiva que terminou na cabeçada de Martinuccio, que entrou minutos antes no lugar de Luanzinho. Aos 21, Marquinhos serviu João Paulo pelo lado esquerdo do ataque, e o lateral levantou a cabeça para colocar na medida para o argentino. Ele subiu sozinho e testou firme. Matheus ainda chegou a tocar na bola, mas não o suficiente para impedir o segundo gol do Avaí. Ouça a emoção do gol da virada do Leão com Salles Jr:

    Na frente do placar, o Avaí manteve o ritmo de jogo e chegou a criar chance para o terceiro gol. Martinuccio chutou forte, e o goleiro Matheus espalmou. Nos minutos finais, o Joinville esboçou uma pressão na busca do empate. Aos 43, Elias cobrou falta para o meio da área, e Lazio cabeceou com perigo, mas a bola foi por cima do gol azurra, que conquistou a vitória. 

    FICHA TÉCNICA

    AVAÍ - 2
    Kozlinsk (Cláudio Vitor); Cametá, Betão, Alemão e João Paulo; Judson, Luanzinho (Martinuccio) e Marquinhos; Lourenço, Rômulo (Getúlio) e Maurinho.
    Técnico: Claudinei Oliveira.

    JOINVILLE - 1
    Matheus; Dick, Alisson, Evaldo e Alex Ruan; Michel Schmöller, Eduardo Person, Thiago Alagoano (Elias), Murilo Rangel (Marlyson) e Madson; Rafael Grampola (Lazio).
    Técnico: Rogério Zimmermann.

    Gols: Thiago Alagoano, aos 14 do primeiro tempo (J). Alemão, aos 12, e Martinuccio, aos 21 do segundo tempo (A).
    Cartões amarelos: Judson, Luanzinho, Lourenço e Getúlio (A). Dick e Alex Ruan (J).
    Expulsão: Evaldo (J).
    Renda: R$ 60.830,00.
    Público: 3.384 torcedores.
    Arbitragem: Rodrigo D'Alonso Ferreira, auxiliado por Thiago Americano Labos e Gizeli Casaril.
    Local: Ressacada, em Florianópolis (SC).

    Diário Catarinense