Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 10/01/2019 16h57

    Avaí apresenta oficialmente quatro reforços para a temporada 2019

    Meia-atacante João Paulo, por estar finalizando a documentação, não foi apresentado

    Foto: Janniter de Cordes /CBN Diário

    A diretoria do Avaí apresentou oficialmente quatro jogadores para a temporada 2019. O goleiro Lucas Frigeri, o lateral-direito Alex Silva, o lateral-esquerdo Julinho e o meia Gegê. O meia-atacante João Paulo ainda finaliza sua documentação para assinar contrato e por isso não foi apresentado.            

    O goleiro Lucas Frigeri, de 29 anos, subiu com o CSA ano passado e chega para uma posição onde tem dado certo no time nas últimas três temporadas. 
    “Chego feliz, motivado, agradeço pela oportunidade. Tivemos um ano de 2018 muito bom, conseguimos acesso pelo clube que atuamos e espero um ano de sucesso aqui, que juntos possamos ser felizes, conquistando os objetivos do clube, estadual, Copa do Brasil, permanência na Série A, um ano de 2019 abençoado”, disse o goleiro.                                                    

    O lateral-direito Alex Silva chega para suprir uma posição que agradou muito em 2018. Com a saída de Guga para o Atlético/MG, a diretoria buscou um atleta que também subiu na temporada passada, só que pelo Goiás. Com 24 anos, Alex fez 34 jogos pela Série B e anotou quatro gols.                          

    O lateral-esquerdo Julinho está retornando ao clube. Com 32 anos, o atleta chega para a sua terceira passagem pelo Leão da Ilha. O jogador formado na base do Corinthians estava no futebol japonês nos últimos dois anos e disse que chega muito mais experiente e bem diferente daquele Julinho das passagens anteriores. Como no Consadole Sapporo ele vinha atuando no meio, o atleta foi perguntado onde quer jogar e Julinho disse que está pronto para ajudar em qualquer posição.                              

    O meia Gegê também é uma das novidades na equipe. O atleta já resolveu a sua pendência com seu ex-clube na Turquia, que ficou quatro meses sem pagar o atleta e por conta disso conseguiu sua liberação na justiça e a Fifa já despachou o documento e o atleta já está liberado.

    CBN Diário