Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 02/12/2016 10h34

    Atlético-MG avisa CBF que não irá jogar em Chapecó

    "A gente respeita a dor", afirma presidente Daniel Nepomuceno

    O presidente do Atlético-MG, Daniel Nepomuceno, disse que o time não irá a Chapecó para enfrentar a Chapecoense pela última rodada do Campeonato Brasileiro, adiada para 11 de dezembro.  

    A CBF entende que o jogo deve ser realizado, mesmo que a Chapecoense utilize jogadores da base. Para Nepomuceno, não é o momento de jogar. "A gente acredita no esporte e respeita a dor", disse.

    Amparado pelo departamento jurídico, o Atlético prefere arcar com a punição para WO (não-comparecimento): perda de três pontos e derrota por 3 a 0. Diante da situação, o STJD não aplicaria uma punição maior. Se a Chapecoense também não comparecer, ambos perderiam pontos. Isso em nada interferiria na situação dos clubes. O Atlético-MG já está classificado à Libertadores da América, e a Chapecoense não tem mais chances de obter vaga pelo Brasileirão tampouco corre risco de rebaixamento. 

    CBN Diário