Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 17/01/2019 11h36

    Após temporal, moradores trabalham na recuperação da Lagoa da Conceição

    Galeria de imagens

    Na manhã desta quinta-feira (17), galhos e resíduos de telhados removidos pelo temporal que atingiu a Lagoa da Conceição em Florianópolis eram retirados da Rua Henrique Veras do Nascimento. O vento forte causou danos ao bairro na noite de quarta-feira (16) e deixou os moradores sem energia elétrica até por volta da meia-noite.

    O restaurante que fica na cabeceira da ponte da Lagoa continuava sem luz no fim desta manhã e deve ficar o dia todo de portas fechadas. Já o Supermercado Chico, que fica ao lado, usava um gerador de energia para continuar em funcionamento. O Centro Cultural Bento Silvério teve o telhado parcialmente removido pelo vento  e a tenda de ensaios da Escola de Samba União da Ilha da Magia também foi destruída. 

    Sem energia

    O proprietário do restaurante Eleutério Schmitt diz que o vendaval danificou até um carro que passava pela rua.

    - A gente se preocupou mais com os clientes que queriam sair para rua. Eu disse: ‘fica aqui dentro, porque essa ventania pode machucar mais gente'. O pessoal que estava no ponto de ônibus entrou no restaurante. (...) Telha, madeira, estava tudo batendo. As telhas do meu restaurante foram danificadas, teve um buraco grande lá, e a energia elétrica, que rasgou a rede toda – relatou.

    Nesta manhã, os trabalhadores da Comcap (Autarquia de Melhoramentos da Capital) lavavam a rua e desobstruíam os boeiros, repletos de folhas e outros resíduos trazidos pelo vento.

    Com gerador

    Segundo a gerente do supermercado Chico, Eliane Silveira, em 63 anos de história do estabelecimento no bairro nunca ocorreu um temporal como desta quarta.  

    - Foi um prejuízo enorme, a gente não ideia ainda do valor. Atingiu escritório, depósito. O mercado está funcionando com gerador, porque o cabo de energia caiu, porque ventou onde fica o transformador da empresa. Teve um freezer que virou com o vento, caiu na água (da Lagoa), sorte que ninguém se feriu – contou.

    Sem tenda para ensaio

    Na Praça Bento Silvério, a tenda de ensaio da Escola de Samba União da Ilha da Magia teve o telhado removido e a estrutura metálica retorcida pela força do vento.

    - Toda quarta-feira, temos ensaio técnico da bateria. O pessoal tava chegando (quando começou o temporal), graças a Deus eles conseguiram sair a tempo. Todos os carnavais a gente ensaia aqui, faz apresentações. O ensaio de amanhã, sexta-feira, está suspenso. Será avaliado se essa tenda pode ser reconstruída. Hoje uma tenda dessa, fica em torno de R$ 30 mil, nós tínhamos duas – lamentou o presidente da União da Ilha Ilha da Magia Valmir Braz de Souza.

     

     

     

    CBN Diário