Carregando...
 
       
     
     
     
     
    A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 06/12/2017 17h32

    Após 2017 conturbado, Marco Antônio foca na pré-temporada e almeja título da série B

    Meia alvinegro não quer mais sofrer com lesões e elogia ideia de manutenção do elenco da diretoria alvinegra

    Foto: Luiz Henrique /FFC

    O meia Marco Antônio, assim como o Figueirense, teve um ano de 2017 conturbado. O jogador começou a temporada no Náutico, e no meio do ano veio para o Figueirense após o time pernambucano passar por problemas salariais. No alvinegro, ele não correspondeu às expectativas da torcida e ainda sofreu com lesões. Para ter um 2018 melhor, o atleta foca na preparação forte e quer a conquista do título da série B.

    O meia, que teve boa passagem pelo Figueirense em 2014, espera repetir a atuação com a camisa alvinegra no ano que vem. Para isso, foca em uma pré-temporada bem feita para sofrer menos lesões no ano e diz que o clube tem que aprender com os erros da campanha ruim de 2017. Para 2018, ele vê a necessidade de montar um grupo forte para brigar pela conquista do Campeonato Catarinense e conseguir o acesso e até o título da série B do Brasileiro.

    Marco Antônio elogiou a estratégia da diretoria de manter o técnico Milton Cruz e parte do elenco para a próxima temporada. "Os diretores prezam pela manutenção do trabalho. Eles querem fazer o Figueirense grande como deve ser, com os jogadores pensando alto. Os times que vão lutar pelo título são aqueles que melhor se planejaram para a temporada e nós saímos na frente por manter uma base", afirmou.

    Ele ainda contou que renovou com o alvinegro porque o clube dá as condições necessárias para entrar em campo e que a sua família gosta muito de Florianópolis.

    Ouça a entrevista na íntegra:

    CBN Diário